Atacante do Flamengo diz que broncas do treinador são piores no vestiário

Jorge Jesus ficou marcado, além do excelente trabalho que vem realizando, pelo comportamento explosivo

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 28 - Autor do último gol do Flamengo na vitória sobre o Ceará, na quarta-feira, o atacante Vitinho afirmou nesta quinta que as famosas broncas do técnico Jorge Jesus são ainda piores dentro do vestiário.

Com seu jeito "intenso" de ser, o badalado treinador comandou a equipe rumo aos títulos da Copa Libertadores e do Brasileirão.

"[No campo] As broncas são em um tom mais leve, no vestiário o bicho pega mais", revelou o jogador, em entrevista ao canal Sportv.

Vitinho comentou sobre os bastidores do Flamengo
Vitinho comentou sobre os bastidores do Flamengo
"A gente entende essa intensidade dele e que ele só quer o nosso bem. Ele é um cara que vive muito o futebol no dia a dia, vibra muito e acaba reagindo desta maneira."

BOM RELACIONAMENTO
O jogador, contudo, garante que a relação do elenco com o treinador é a melhor possível.

"Em algumas circunstâncias a gente tenta dialogar com ele sobre o que aconteceu e sobre qual era nosso pensamento, mas ele está sempre tentando nos dar um incentivo", declarou o atacante, autor do quarto e último gol do Flamengo sobre o Ceará.

Questionado sobre a disputa no ataque rubro-negro, Vitinho afirmou que os jogadores, principalmente Gabriel e Bruno Henrique, cultivam boa relação, apesar da disputa pela artilharia do Brasileirão. Gabigol tem 22 gols, contra 21 do companheiro de equipe.

"Eles são bem tranquilos em relação a isso, nosso grupo não tem vaidade de quem vai fazer o gol. Quando o Bruno Henrique faz o gol, o Gabriel comemora e quando o Gabriel faz o gol, o Bruno comemora", declarou Vitinho.