Mourinho destaca mais um português campeão pelo mundo: 'Feliz pelo Jorge Jesus'

Mourinho, campeão da competição europeia por Porto e Inter de Milão, foi modesto sobre a importância da nacionalidade dos técnicos

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 25 - Os títulos conquistados pelo Flamengo no final de semana, especialmente a Copa Libertadores, tiveram grande repercussão na América do Sul e até na Europa. Nesta segunda-feira, José Mourinho, que assumiu o comando do Tottenham na semana passada e é um dos técnicos portugueses de maior prestígio no futebol, fez questão de parabenizar o compatriota Jorge Jesus pelos feitos com o clube rubro-negro.

"Está em direto (ao vivo)? Parabéns ao JJ (Jorge Jesus) aí", soltou Mourinho no início da entrevista coletiva prévia ao jogo do Tottenham contra o Olympiacos, da Grécia, nesta terça-feira, em Londres, pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

MODESTO

Mourinho em sua estreia pelo Tottenham
Mourinho em sua estreia pelo Tottenham

Mourinho, campeão da competição europeia por Porto e Inter de Milão, foi modesto sobre a importância da nacionalidade dos técnicos, mas exaltou o trabalho dos portugueses ao redor do mundo como Manuel José, que venceu quatro Ligas dos Campeões de África pelo Al-Ahly, do Egito, e Jorge Jesus, que conquistou o título da América.

"É verdade que temos um português campeão na Europa (ele próprio), um na África (Manuel José) e outro agora na América do sul... Sou 100% português, mas não gosto muito disso dos portugueses serem melhores. Há muitos bons treinadores no mundo, a qualidade não tem nacionalidade", disse Mourinho.

"Estou muito satisfeito por termos bons treinadores, é sinal de prestígio e abrimos portas, sei que há muitos à volta do mundo. Apenas tenho orgulho por ter alguma responsabilidade nisso. E estou feliz pelo Jorge", completou.

SOBRE ZLATAN

Na mesma coletiva, o treinador foi questionado sobre um possível interesse do Tottenham no sueco Zlatan Ibrahimovic, que recentemente deixou o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Prontamente negou qualquer intenção de fechar contrato com o atacante.

"O Zlatan é um jogador incrível, uma pessoa incrível, mas eu terei que dizer que não, sem hipótese. Nós temos o melhor centroavante da Inglaterra (Harry Kane). Temos um dos melhores dois ou três centroavantes do mundo. Não faz qualquer sentido."

"Um atacante da dimensão do Zlatan, obviamente nos seus 30 e muitos (anos), mas ainda assim um atacante que consegue jogar em qualquer clube no mundo, não faz sentido vir para um clube onde temos Harry Kane", afirmou.