Gabigol bate palmas para árbitro e provoca Grêmio por goleada. Veja a súmula!

Ao ser expulso, o atleta estendeu uma mão e contou cada dedo com a outra, em referência à goleada por 5 a 0 do Fla na Copa Libertadores

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 18 (AFI) - Faltando apenas oficializar o título do Campeonato Brasileiro, os jogadores do Flamengo seguem provocando seus rivais. Neste domingo, foi a vez de Gabriel Barbosa, o Gabigol, na vitória rubro-negra por 1 a 0 diante do Grêmio, em Porto Alegre.

EXPULSÃO

O árbitro da partida, Raphael Claus (FIFA/SP), relatou em súmula os motivos dos cartões amarelos e, consequentemente, da expulsão. No fim do segundo tempo, o jogador reclamou de uma decisão e levou o primeiro cartão e depois aplaudiu o árbitro em forma de ironia. Com isso, recebeu o segundo cartão e foi expulso.

Foto: Divulgação / CBF
Foto: Divulgação / CBF
PROVOCAÇÃO À TORCIDA

O árbitro ainda relatou a provocação do jogador à torcida do Grêmio. Gabigol estendeu uma mão e contou cada dedo com a outra, em referência à goleada por 5 a 0 do Fla na Copa Libertadores.

"Após ser advertido com cartão amarelo, bater palmas para mim desaprovando minha decisão, recebendo assim, o segundo cartão amarelo e consequentemente o cartão vermelho. Informo ainda que o referido atleta, ao sair do campo de jogo, sinalizou espalmando a mão e contando os dedos com a outra mão", realtou Raphael.

NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ

Esta não é a primeira vez que jogadores do Flamengo provocam rivais. Na última quarta-feira, após o empate por 4 a 4 com o Vasco, o atacante Bruno Henrique deu entrevista dizendo: 'Nós estamos brigando pelo título, eles não sei pelo o que estão brigando'. Curiosamente, são os dois artilheiros do time e do campeonato. Gabigol tem 22 gols e Bruno 18.

CONFIRA A SÚMULA!