Ex-atacante de Flamengo, São Paulo e PSG anuncia aposentadoria aos 40 anos

Reinaldo defendeu o Brasiliense nas últimas três temporadas e agora quer ser treinador de futebol

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - A partida contra o Ituano realizada no dia 26 de maio foi a última de Reinaldo como jogador de futebol. Através das redes sociais, o atacante que vinha defendendo o Brasiliense anunciou a aposentadoria dos gramados aos 40 anos.

A decisão foi tomada após a eliminação do Jacaré na segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro para o Vitória-ES. Pelo clube candango, onde estava desde 2017, Reinaldo disputou 22 partidas e marcou quatro gols.

Com passagens por Flamengo e São Paulo, Reinaldo anunciou sua aposentadoria
Com passagens por Flamengo e São Paulo, Reinaldo anunciou sua aposentadoria
"Fiz o que mais amei profissionalmente por 22 anos, vivi intensamente esse sonho de criança a cada instante, viagens, vitórias, derrotas, resenhas em cada túnel passando para chegar no campo", disse o atacante em um dos trechos da postagem.

Reinaldo, porém, não pretende ficar longe do futebol. Ele revelou que a partir de outubro vai começar a fazer cursos na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para ser treinador.

"Quero aproveitar os contatos que fiz no mundo da bola, para fazer estágios e aprender, pois o futebol muda constantemente principalmente na parte técnica, quero me qualificar de todas as formas com esses profissionais", destacou.

A CARREIRA!

Revelado nas categorias de base do Flamengo, Reinaldo passou por São Paulo, Paris Saint-Germain-FRA, Kashiwa Reysol-JAP, Santos, Al Ittihad-SAU, JEF United-JAP, Botafogo-RJ, Suwon Bluewings-KOR, Figueirense, Bahia, Guangdong Sunray-CHN, Paraná, Metropolitano, Luverdense, Inter de Lages, FC Goa-IND, Boavista e Brasiliense.

"Agredeço a todos os CLUBES que atuei, foi bom demais poder honrar a cada camisa que eu vesti, pois vesti todas elas com muito amor e profissionalismo. Quero agradecer também a todos presidentes, treinadores, preparadores físicos, médicos, fisioterapeutas, diretores, roupeiros, imprensa e por último, todos TORCEDORES! Pois vocês foram sensacionais comigo", agradeceu o agora ex-atacante.