Treinador não vê Flamengo como favorito no clássico contra o Botafogo

Apesar disso, Dorival Júnior quer a vitória para manter a chama acessa no rubronegro

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 09 - O técnico Dorival Junior não acredita que o Flamengo seja favorito na partida deste sábado contra o Botafogo, pela 33ª rodada do Brasileirão, no Engenhão, no Rio. O treinador admitiu, porém, que a vitória é essencial para a equipe dele seguir com chance de ser campeã do torneio.

"Eu acho que a palavra 'clássico' já define o que deve ser essa partida. Tivemos jogos muito disputados ao longo do ano, sempre decisivos. Teremos outra condição como essa. Que façamos um grande espetáculo. Eu acredito muito que teremos coisas boas dentro da competição. O resultado de amanhã vai ser fundamental para manter a chama acesa", disse Dorival.

O técnico Dorival Júnior ainda acredita que o Flamengo tem chances de conquistar o título
O técnico Dorival Júnior ainda acredita que o Flamengo tem chances de conquistar o título
O Flamengo está em terceiro lugar no Brasileirão, com 60 pontos ganhos, seis a menos do que o Palmeiras, líder do torneio.

"Já há algumas rodadas que não temos o direito de errar. Estamos jogando um grande futebol há alguns jogos. Queremos muito mais do que isso. Estamos preocupados e trabalhando para voltar a conseguir os resultados", afirmou o treinador.

TÁ FELIZ
O Flamengo empatou por 2 a 2 com o São Paulo na última partida que disputou pelo torneio, no último domingo, fora de casa. O resultado custou a perda do segundo lugar no Brasileirão, que agora tem o Internacional como vice-líder, com 61 pontos. Apesar do resultado, Dorival reafirmou que está satisfeito com o rendimento da equipe.

"O Flamengo é isso que vocês têm visto. Equipe compacta, que procura o ataque de maneira equilibrada e não se omite. As movimentações têm sido feitas com mais consistência, muito em função do trabalho. A aceitação dos jogadores tem sido muito boa. Acho que, pelo número de finalizações dos últimos jogos, apagou aquela sensação de que éramos apenas uma equipe de troca de passes e toque de bola. Já mostramos que conseguimos encontrar caminhos para que os resultados aconteçam", disse o treinador.

 
 
" />