Técnico bate boca com goleiro e clima esquenta ainda mais no Flamengo

Diego Alves não está confortável com o banco de reservas e por isso discutiu abertamente com Dorival Júnior

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 01 (AFI) - O clima entre o goleiro Diego Alves e a comissão técnica do Flamengo está cada vez mais tenso. No treino da última quarta-feira, o arqueiro discutiu abertamente na frente de todo o elenco com o técnico Dorival Júnior após ser barrado e ficar no banco de reservas por mais uma rodada.

Para tentar amenizar o clima, a diretoria convocou uma reunião com Diego Alves que explicou a sua versão em ter se recusado de viajar para o Paraná na semana passada, porém, Dorival Júnior desmentiu tudo o que o camisa 1 tinha dito e o clima esquentou, com os dois precisando ser contidos pelos jogadores e por diretores que participavam da conversa.

Técnico bate boca com goleiro e clima esquenta ainda mais no Flamengo
Técnico bate boca com goleiro e clima esquenta ainda mais no Flamengo
Na versão do arqueiro ele diz que foi liberado pela comissão técnica e por isso não viajou com o grupo para Curitiba, no final de semana passado. Do outro lado, Dorival negou a versão e afirmou que foi o goleiro que se recusou a viajar. De qualquer forma, Diego Alves deve ser multado pela diretoria mas ainda não foi notificado.

Assim, o jogador que se recupera de uma lesão no joelho, dificilmente volte a ter chances com o novo treinador. Na semana passada, o Flamengo concedeu uma entrevista coletiva sobre o assunto e afirmou que o goleiro seguirá treinando normalmente mas não será relacionado para enfrentar o São Paulo.

 
 
" />