Sem Renato Gaúcho, presidente do Flamengo indica renovação com Dorival

Em 11 jogos, o treinador somou sete vitórias, três empates e apenas uma derrota

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 30 (AFI) – O Flamengo tomou um banho de água fria no última quinta-feira, com a renovação de Renato Gaúcho com o Grêmio, deixando o clube carioca a ver navios. O presidente Eduardo Bandeira de Mello, que encerra sua gestão no final deste ano, já deixou claro que vai deixar a decisão sobre o futuro treinador nas mãos do candidato que vencer a eleição do próximo dia 8 de dezembro. Ainda assim, rasgou elogios a Dorival Júnior.

Sem Renato Gaúcho, presidente do Flamengo indica renovação com Dorival
Sem Renato Gaúcho, presidente do Flamengo indica renovação com Dorival

Rodolfo Landim, da oposição, e Ricardo Lomba, da situação, adiantaram no início da semana que já tinham um acerto verbal com Renato Gaúcho, indicando que, independente de quem ganhasse a eleição, ele assumiria o time em 2019.

Só que com a renovação do treinador tudo foi por água abaixo.

POSIÇÃO DO CARTOLA
Convidado para o programa da Fox Sports, Bandeira de Mello indicou para os candidatos que o trabalho desenvolvido por Dorival é elogiável.

Em 11 jogos, o treinador somou sete vitórias, três empates e apenas uma derrota, tirando o Flamengo da terceira posição e encerrando a temporada com o vice-campeonato – em um dado momento, o clube brigou pelo título.

"Tenho certeza que o Lomba vai escolher a melhor solução para o Flamengo. Espero que a responsabilidade seja inteiramente dele. Estou muito satisfeito com o trabalho do Dorival. Se resolver ficar com ele, será uma decisão acertada.

Se o novo presidente, que eu espero que seja o Lomba, mas pode não ser, temos que respeitar as chapas. Se o novo presidente quiser trocar, terá liberdade e facilidades dentro do Flamengo para a transição", finalizou.

 
 
" />