Flamengo encaminha acerto com Renato Gaúcho e tenta 'roubar' gerente do Corinthians

Candidatos à presidência do clube, Lomba e Landim já estão trabalhando no mercado, com opções parecidas

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 27 (AFI) - As eleições para presidente do Flamengo serão apenas no dia 8 de dezembro, mas os candidatos Ricardo Lomba, da chapa rosa, e Rodolfo Landim, da chapa roxa, estão no mercado para reforçar o time, até por questão de estratégia. Segundo o colunista Gilmar Ferreira, do Extra, os dois rivais articularam um acerto com o técnico Renato Gaúcho. Também está em pauta a contratação do gerente de futebol Alessandro Nunes, hoje no Corinthians.

Quando ao treinador, a informação é de que ele irá receber cerca de R$ 700 mil por mês e terá contrato de um ano, com opção de renovação por mais um. Renato vem negociando a renovação de vínculo com o Grêmio há algum tempo, mas ainda não deu resposta. No treino desta terça-feira, inclusive, ficou apenas no vestiário por alguns minutos e depois voltou ao prédio que serve de concentração no CT gremista.

Renato Gaúcho tem acerto encaminhado com o Flamengo. (Foto: Lucas Uebel)
Renato Gaúcho tem acerto encaminhado com o Flamengo. (Foto: Lucas Uebel)

Está previsto um encontro do treinador com o presidente tricolor Romildo Bolzan Júnior nesta quarta-feira para tentar definir o seu futuro. A ideia era que essa reunião acontecesse na última segunda, em Porto Alegre, mas Renato Gaúcho preferiu ir de Salvador, onde o Grêmio empatou sem gols contra o Vitória no domingo, para um dia de descanso no Rio de Janeiro.

Alessandro pode trocar Corinthians pelo Flamengo. (Foto: Daniel Augusto Jr)
Alessandro pode trocar Corinthians pelo Flamengo. (Foto: Daniel Augusto Jr)

ALESSANDRO
Além das negociações para a comissão técnica, as duas chapas também trabalham para acertar cargos administrativos. Candidato da oposição ao atual mandato de Bandeira de Melo, Rodolfo Landim abriu negociações com Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians.

Alessandro foi lateral-direito do Flamengo, revelado nas categorias de base do clube, mas é mais identificado com o Corinthians, time que defendeu de 2008 a 2013, quando se aposentou. No mesmo ano, começou a trabalhar como coordenador técnico no time paulista. Em 2016, assumiu a gerência de futebol após Tite levar Edu Gaspar para a CBF. No cargo diretivo, o ex-lateral conquistou dois títulos brasileiros (2015 e 2017) e dois Paulistas (2017 e 2018).

 
 
" />