Capitão do Fla fala sobre discussão entre Dorival e Diego Alves: 'Problema interno'

Segundo o zagueiro Réver, a polêmica tinha que ser resolvido internamente sem toda essa polêmica

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 02 (AFI) - O clima esquentou no treino do Flamengo nessa quinta-feira com a feia discussão entre o técnico Dorival Júnior e o goleiro Diego Alves. Até por conta disso, o assunto não poderia deixar de ser abordado na coletiva de imprensa da manhã desta sexta-feira que contou com o zagueiro capitão Réver. O defensor falou sobre o acontecimento e afirmou que esse desentendimento deveria ser resolvido internamente.

"São coisas que acontecem no futebol. Problema nosso interno. Vamos resolvê-lo internamente como sempre aconteceu no Flamengo. Quem deveria falar com vocês sobre isso é a diretoria. Nossos problemas são resolvidos internamente. Estamos aqui para trabalhar. Toda essa situação é muito triste. Não podemos nos abater por isso. Brigamos pelo Brasileiro. Não podemos nos abater e nos abalar por isso", disse o zagueiro em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no CT Ninho do Urubu.

Capitão do Fla fala sobre discussão entre Dorival e Diego Alves: 'Problema interno'
Capitão do Fla fala sobre discussão entre Dorival e Diego Alves: 'Problema interno'

CLIMA SÓ PIOROU..
O clima já não vem bom desde semana passada. Mas nessa quinta-feira, o goleiro se reuniu com a diretoria para explicar a sua versão por ele não ter ido viajar junto com o grupo para Curitiba, onde a equipe enfrentou o Paraná, após saber que não seria titular. Ao saber do encontro, ficou incomodado e reuniu o grupo. Foi quando Diego Alves chegou no treino e o clima esquentou de vez. De qualquer forma, Réver disse que faltou maturidade para esse assunto não influenciasse no ambiente da equipe.

"Acredito que faltou diálogo e um pouco mais de maturidade de nós para não desviarmos o foco do objetivo que é o Brasileiro. Isso afeta de alguma maneira. Nós jogadores temos que colocar um ponto final isso e deixar para a diretoria resolver", completou.

GERA PREOCUPAÇÃO
O jogador admitiu a preocupação com os efeitos deste atrito interno no futebol apresentado em campo nas próximas rodadas.

"Toda esta situação é muito triste. Não podemos nos abater por isso. Estamos na briga pelo Brasileiro. Não podemos nos abater e nos abalar por isso", cobrou.

Réver pregou mais conversa dentro do grupo para encerrar rapidamente o assunto dentro do clube.

"Temos procurado conversar bastante com o grupo todo para que isso não atrapalhe. É claro que o ambiente poderia estar melhor. Mas o ambiente sempre esteve bom. As coisas estão sendo tratadas internamente."

SEGUE DE FORA
Diego Alves ainda não voltou a jogar pelo time. E deve ficar novamente ausente porque trata lesão no joelho direito. Assim, César será mantido como goleiro titular para o duelo com o São Paulo, neste domingo, no Morumbi, pela 32ª rodada. Em segundo lugar na tabela do Brasileirão, o time carioca está a quatro pontos do líder Palmeiras: 59 a 63.

O treino desta sexta-feira, feriado de Finados, também começou com um clima tenso. Isso por que contou com a presença de André Galdeano, Gerente Jurídico, e o CEO Bruno Spindel.

 
 
" />