Artilheiro da noite, Paquetá diz que Flamengo vai buscar título brasileiro

"Estou muito feliz, porque a gente sabia o quanto era importante vencer. Nós temos que valorizar o que fizemos", disse o atacante

por Agência Estado

São Paulo, SP, 05 - A vitória convincente do Flamengo sobre o Corinthians por 3 a 0, nesta sexta-feira à noite, em São Paulo, tirou um grande peso nas costas dos jogadores rubro-negros. Após o jogo, todos se uniram e foram até o fundo do gol, onde estavam os torcedores, para agradecer o apoio. Enquanto isso, Lucas Paquetá, herói da vitória, demonstrou confiança numa virada nesta reta final do Campeonato Brasileiro. Com 52 pontos, o time carioca aparece em terceiro lugar, na briga direta pela liderança.

"Estou muito feliz, porque a gente sabia o quanto era importante vencer. Nós temos que valorizar o que fizemos. Demos a vida, o suor e graças a Deus saíram os gols e conseguimos os três pontos", explicou o artilheiro da noite para completar em seguida:

Lucas Paquetá deu duas cambalhotas para trás após marcar um dos gols. Foto: CRF
Lucas Paquetá deu duas cambalhotas para trás após marcar um dos gols. Foto: CRF

"A gente tem um sonho e vai fazer por onde. Sabemos que temos que mudar algumas coisas, mas vamos fazer isso e buscar o título".

PROFESSOR DEU MORAL

Para o lateral-esquerdo Renê, autor do terceiro gol já nos acréscimos, o time ganhou novo ânimo com a chegada do técnico Dorival Júnior.

"Ele levantou a nossa confiança, porque sabia que a gente vinha de uma eliminação doída na Copa do Brasil (para o Corinthians). O professor procurou conversar e nos motivar. Em campo, acho que acertamos o último passe. É só caprichar um pouco mais, que dá certo", disse.

Renê voltou a inocentar os atacantes, ainda criticados pela falta de gols.

"A culpa às vezes não é apenas deles (atacantes). A gente sabe que eles vivem de gols, mas a gente cobra todos, durante toda a semana. Vamos desta forma até o final", concluiu.

VITINHO FELIZ

Até o criticado atacante Vitinho, cobrado pela falta de gols, apareceu na zona mista feliz e pronto para explicar o que aconteceu dentro de campo.

"O professor pediu para eu ficar ali do lado esquerdo do ataque e procurei fazer o que ele pediu. Deu certo e isso foi importante".

Para o meia Éverton Ribeiro aconteceu no segundo tempo o que não vinha correndo antes:

"A bola entrou. Conseguimos criar e finalizar bem, mandando para as redes" .

TRES JOGOS DECISIVOS

Embora o discurso dos flamenguistas seja ‘trabalhar jogo a jogo’, há um planejamento em cima dos próximos três jogos. No dia 21 o rubro-negro vai enfrentar o Fluminense, no clássico Fla-Flu no Maracanã, depois sai diante do Paraná (dia 21) e, por fim, receberá o Palmeiras, num confronto direto pela liderança, de novo no Rio de Janeiro.

De acordo com os estatísticos do clube, esta sequência pode significar a arrancada para buscar o título.

 
 
" />