Paquetá diz que sonha com Copa de 2022 e defende Neymar de 'críticas exageradas'

"Posso dizer que sonho estar na próxima Copa. Trabalho para isso, espero estar pronto para corresponder. Espero ser lembrado", disse

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 09 - Um dos jogadores que devem fazer parte do processo de renovação da seleção brasileira em um novo ciclo que está prestes a começar, o meia Lucas Paquetá, do Flamengo, reconheceu que vive grande expectativa de ser convocado por Tite - ou por outro técnico - e disse que sonha em disputar o Mundial de 2022, no Catar.

"Torcemos, vibramos e sofremos pela seleção. Foi difícil de aceitar, mas segue o trabalho. Perdemos para grande equipe. Posso dizer que sonho estar na próxima Copa. Trabalho para isso, espero estar pronto para corresponder. Espero ser lembrado", disse.

O meia que é cria da base do Flamengo deu entrevista coletiva nesta terça-feira. Além de manifestar a vontade em vestir a camisa da seleção brasileira, Paquetá saiu em defesa de Neymar. Para o flamenguista, o astro do Paris Saint-Germain é um gênio e tem recebido críticas e cobranças exageradas por seu comportamento em campo.

Paquetá diz que sonha com Copa de 2022 e defende Neymar de 'críticas exageradas'
Paquetá diz que sonha com Copa de 2022 e defende Neymar de 'críticas exageradas'

"Queria entender como conseguem criticam o Neymar. Cara que faz tudo pelo País, veio de lesão, é um gênio. Não o critico em nada. Leva muita pancada, acontece. Ele tem que se prevenir, se proteger. Acho que foram muito exageradas (as críticas e cobranças). É um craque que faz tudo pelo Brasil", opinou.

Paquetá também falou sobre um possível interesse de clubes europeus em seu futebol e sobre sua renovação com o clube rubro-negro. "Creio que quando chegar algo o Fla vai estar ciente e deixo isso para o meu empresário. Quero continuar jogando. Se chegar algo eles vão saber como tratar", afirmou o camisa 11, que ainda negocia com o Flamengo a sua renovação de contrato.

Lucas Paquetá e seus companheiros entram em campo no retorno das competições após a Copa do Mundo da Rússia no próximo dia 18. O adversário será o São Paulo, às 21h45, no Maracanã, e confronto será válido pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 
 
" />