Carioca: Carpegiani elogia time do Flamengo e confirma Dourado no clássico

O técnico admitiu que o seu time entra em vantagem contra o Botafogo pelo melhor momento que vive

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 05 - Embora o Flamengo só tenha vencido o Nova Iguaçu após marcar um gol aos 48 minutos do segundo tempo, marcado pelo zagueiro Rhodolfo na tarde deste domingo no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o técnico Paulo César Carpegiani exibiu satisfação com a atuação de sua equipe. Líder do Grupo A da Taça Guanabara, o time rubro-negro assim conquistou a vantagem de atuar como mandante e com a vantagem de poder empatar no clássico diante do Botafogo, no próximo sábado, pela semifinal desta fase do Campeonato Carioca.

"Tivemos um primeiro tempo muito bom, que me satisfez plenamente. O time atuou com velocidade, toque e rotação. Não gostaria de falar do segundo tempo, porque ele realmente não aconteceu. Passei aos atletas que o que temos que fazer agora é separar bem o que foi o primeiro tempo e comparar ao segundo. Só assim teremos a evolução e o amadurecimento da equipe", afirmou o treinador, minimizando a importância de o seu time ter apresentado uma queda de rendimento no segundo tempo.

Carpegiani elogia time do Flamengo e confirma Henrique Dourado no clássico
Carpegiani elogia time do Flamengo e confirma Henrique Dourado no clássico
"Fiquei satisfeito. Achei normal que o rendimento tivesse caído, muitos atletas não vinham atuando juntos. Mais dois ou três devem começar jogando no próximo sábado", completou o comandante, que levou a campo como novidades neste domingo o zagueiro Juan, o meia Diego e o atacante Éverton, que haviam se reapresentado aos treinos no último dia 13 de janeiro, depois do início da pré-temporada da equipe.

HENRIQUE DOURADO

Carpegiani também confirmou após a vitória deste domingo que vai promover a estreia do atacante Henrique Dourado, recém-contratado após deixar o Fluminense, na semifinal da Taça Guanabara. "Ele fará sua estreia. Estava programado. Esperamos um jogo em casa para que isso ocorresse", avisou.

Já ao apontar o que espera para o duelo diante dos botafoguenses, o técnico admitiu que o seu time entra em vantagem pelo melhor momento que vive. "Enfrentaremos uma equipe tradicional, que também se classificou. Não falaria em favoritismo, mas, particularmente, acho que minha equipe tem obrigação de vencer. É minha proposta sempre, independentemente de quem quer que esteja do outro lado", enfatizou.