Apresentado, Trauco diz que presença de Guerrero pesou para acerto com o Flamengo

Trauco iniciou a sua carreira no peruano Unión Comercio, se transferindo no ano passado ao Universitario

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 12 - Primeiro reforço a ser anunciado pelo Flamengo para a temporada 2017, o lateral Miguel Trauco foi apresentado nesta quinta-feira no Ninho do Urubu. Motivado para a sua primeira experiência fora do futebol peruano, ele declarou que a presença do compatriota Paolo Guerrero no elenco pesou para o acerto e espera que o entrosamento exibido na seleção do seu país também renda frutos no clube carioca.

"Foi bastante importante, pois o conheço muito bem. Dentro do campo, nos damos muito bem. Sei seus movimentos e o que pode fazer. Buscarei aproveitar isso ao máximo", afirmou Trauco, de 24 anos, que disputará a vaga de titular da lateral esquerda com Jorge, um dos destaques do Flamengo em 2016.

"Ainda não tenho falado com ele, mas assisti a vídeos seus por ser meu companheiro de posição. Certamente nos falaremos no dia a dia. Isso é algo bom para o Flamengo, pois há uma competição de qualidade pelas posições", afirmou sobre o concorrente.

CARREIRA
Trauco iniciou a sua carreira no peruano Unión Comercio, se transferindo no ano passado ao Universitario. Ele espera não ter problemas para se adaptar ao futebol brasileiro e terá aulas para aprender mais rápido o idioma português.

"Espero que seja da melhor maneira. Acho que a adaptação se dará de maneira rápida pelos sul-americanos que temos no elenco. Cheguei ao Rio há pouco tempo, portanto ainda não tive tempo de ver muitas coisas. Tomarei algumas aulas para aprender o idioma", comentou.

DETALHES DA NEGOCIAÇÃO
Durante a apresentação de Trauco, o diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, apresentou os detalhes da contratação do lateral peruano, destacando que a negociação não teve custos para o clube, que assinou um acordo por três anos com o jogador.

"Miguel Trauco veio após o término de contrato com o Universitário, do Peru, e seu contrato conosco será de três anos. Foi um estudo, uma negociação de quase 60 dias, anteriores ao fim de seu contrato. Todos sabem que era uma necessidade do Flamengo ter mais um atleta para a lateral esquerda e, dentre as opções que não se tinha no país, migramos para o mercado sul-americano. Por ser jovem e ter se firmado na seleção de seu país, entendemos que valeria a pena, principalmente pelo fato de ser um jogador livre", disse.

aaa