Universidad do Chile 2 x 1 Flamengo - Fla perde o 100% e a ponta

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - O Flamengo não conseguiu segurar o Universidad do Chile e perdeu o 100% de aproveitamento na Copa Libertadores. O Rubro-negro foi derrotado pelo time chileno por 2 a 1, no Estádio Monumental de Santiago, pela terceira rodada do Grupo 8 da competição sul-americana. Vargas e Seymour marcaram para os donos da casa, e Rodrigo Alvim marcou para os brasileiros.

Além de perder a invencibilidade, o Flamengo deixou a liderança da chave, que agora pertence ao próprio Universidad do Chile, que chegou aos sete pontos. O time carioca fica na vice-liderança do grupo, com um ponto a menos.

Mengo vacila e sai perdendo
abafa no início do jogo, mas a primeira boa chance foi do Mengão. Adriano desviou cruzamento de cabeça aos nove minutos e a Os dois times fizeram um primeiro tempo muito equilibrado no estádio Monumental de Santiago. O time chileno tentou dar um bola bateu caprichosamente no travessão de Conde.

O Flamengo tocava bem a bola tentando encontrar espaços na bem postada defesa do Universidad do Chile, que não conseguia levar perigo ao gol de Bruno. Com maior posse de boa e atuando como se estivesse em casa, o Flamengo quase abriu o placar aos 34.

Vinícius Pacheco cobrou escanteio, Álvaro desviou para o meio da área e Vágner Love cabeceou livre. O goleiro chileno deu um tapa e colocou a bola pela linha de fundo.

Em sua primeira chegada efetiva ao gol flamenguista, o time chileno saiu na frente. Estrada cruzou para a área e Vargas se antecipou ao goleiro Bruno para tirar o zero do placar. Foi um castigo para o time carioca sair para o intervalo em desvantagem no marcador.

Dois gols em cinco minutosAdriano e bateu em cima do goleiro Conde. No rebote Rodrigo Alvim mandou para o gol vazio, aos cinco minutos. O que o Rubro-negro não esperava
O Flamengo voltou para o segundo tempo disposto a empatar o jogo rapidamente. E conseguiu seu objetivo. Léo Moura recebeu de era que o empate não durasse nem cinco minutos.

Aos nove minutos Seymour arriscou de fora da área no canto esquerdo de Bruno, que não alcançou a bola, e o time chileno passou a frente do placar novamente. O gol abalou o Flamengo, que quase sofreu mais um quatro minutos mais tarde. Montillo fez boa jogada e bateu rasteiro da entrada da área, para boa defesa de Bruno.

Os donos da casa seguiam melhor após fazer o segundo gol e Bruno salvou o Mengão mais duas vezes. Aos 19 minutos. Olivera recebeu livre dentro da área a bateu firme para o gol, obrigando o camisa 1 a se esticar e colocar para escanteio. Aos 27, Fernández tentou o cruzamento e a bola ficou direto para o gol, mas Bruno, atento, fez grande defesa.

O Flamengo perdeu uma chance incrível de empatar o jogo aos 34 minutos. Vágner Love tabelou com Petkovic e ficou na cara do gol. O atacante tocou na saída do goleiro Conde e a bola pssou rente à trave. A noite não era mesmo Rubro-negra e o clube perdeu a invencibilidade na Libertadores.

Ficha Técnica

Universidad do Chile-CHI 2 x 1 Flamengo-BRA

Local: Estádio Monumental de Santiago, em Santiago, Chile
Árbitro: Jorge Larrionda - URU
Cartões amarelos: Alvaro e Fierro (Flamengo); Vargas (Universidad)
Gols: Vargas, 42'/1T, Seymour, 9'/2T (Universidad); Rodrigo Alvim, 5'/2T (Flamengo)

Universidad do Chile
Conde; Contreras, Victorino, Olarra e Rodríguez; Seymour, Estrada (Pinto), Puch e Montillo; Vargas (Fernández) e Olivera (Rivarola).
Técnico: Gerardo Pelusso.

FlamengoLove e Adriano.
Técnico: Andrade.
Bruno; Leonardo Moura (Everton Silva), Álvaro, Fabrício e Juan; Rodrigo Alvim, Willians, Kleberson (Fierro) e Vinícius Pacheco (Petkovic); Vágner