Universidad do Chile x Flamengo - Mengão quer os 100% na Taça!

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 16 (AFI) - Após a vitória por 1 a 0 no Clássico dos Milhões diante do Vasco da Gama pela Taça Rio, o Flamengo muda o foco novamente para a Taça Libertadores de América. Nesta quarta-feira, o rubro-negro carioca enfrenta o Universidad do Chile, em um estádio bastante conhecido do público brasileiro.

Veja também:
Beckham afirma estar concentrado em recuperação

A partida será realizada às 21h50 (horário de Brasília) no Monumental de Santiago, onde a seleção do Chile manda seus jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. As duas equipes se enfrentam pela liderança do Grupo 8 da competição.

O Flamengo é o primeiro colocado com seis pontos ganhos, ostentando 100% de aproveitamento. Já o Universidad do Chile também está invicto, mas com quatro pontos e na cola do Mengão, somando uma vitória e um empate.

Ambiente conturbado
No Mengão, apesar das vitórias, frequentes na campanha da equipe na Libertadores e no Campeonato Carioca, o ambiente não anda bom, devido à vários problemas pessoais e polêmicas nas quais os jogadores têm se envolvido ao longo das duas últimas semanas.

O atacante Adriano, um dos principais jogadores da equipe, teria agredido sua noiva Joana Machado no último dia 5, durante baile funk no Rio de Janeiro.

Quando parecia que a crise iria se assentar, Vágner Love foi flagrado sendo escoltado por dois traficantes armados e terá que depor à Polícia. Na terça-feira, surgiu a notícia de que Adriano teria dado uma motocicleta de R$ 35 mil a um chefe do tráfico.
Assim, o Flamengo entra em campo nesta quarta-feira tentando deixar os problemas pessoais de seus jogadores de lado com uma vitória.

Time definido
Sem fazer mistério, o técnico Andrade já definiu o time do Flamengo que começa jogando diante do Universidad do Chile. O meia sérvio Petkovic, novamente fica como opção no banco, dando lugar a Vinícius Pacheco, que vem fazendo bons jogos pelo Mengão. O volante Rodrigo Alvim também está confirmado na equipe titular, na vaga de Toró, que não joga por motivo de suspensão.

O chileno Maldonado também deve fazer seu retorno à equipe, entrando na segunda etapa. O volante do Flamengo e da Seleção Chilena não joga desde novembro, quando se machucou disputando amistoso pelo selecionado de seu país.

Terremotos
Com medo dos terremotos que vem assolando o Chile e sua capital nos últimos dias, o Flamengo só chegará à Santiago quatro horas antes da partida. O supervisor de futebol, Isaías Tinoco, reiterou que nesses momentos, quanto menos a equipe brasileira ficar em solo chileno, melhor.

"É aguardada uma réplica nas mesmas proporções do primeiro tremor para os próximos dias. Quanto menos tempo ficarmos em solo chileno, melhor. Todos os jogadores estão preocupados, inclusive eu", declarou.

Gringos confiantes
Jogadores e comissão técnica do Universidad do Chile estão confiantes em uma vitória atuando em seus domínios, ainda mais porque os brasileiros terão pouco tempo de descanso após a viagem para a capital chilena.

Para os chilenos, uma vitória em casa contra o rival brasileiro é obrigação. "Enfrentaremos um grande time, mas temos que ganhar todos os pontos jogando em casa, é nossa obrigação", afirmou Wagner Montillo, volante do Universidad do Chile.

O time do técnico Gerardo Pelusso pode tomar a liderança do Flamengo em caso de vitória, e para o atacante Juan Manuel Olivera, a equipe chilena, atual líder do campeonato nacional de seu país, não pode se amedrontar diante da grandeza do rival desta quarta-feira.

"O Flamengo tem muita qualidade, alguns jogadores têm feito uma grande trajetória, mas não podemos olhar para eles como um time de hierarquia inalcansável", concluiu.

Retrospecto
Flamengo e Universidad do Chile se enfrentaram sete vezes ao longo da história. Ao todo, foram sete partidas, com quatro vitórias para o rubro-negro e três para os chilenos. O último jogo entre as duas equipes foi realizado em 2000, pela extinta Copa Mercosul, hoje Copa Sul-americana.

Na ocasião, o Mengão venceu por 2 a 0. A maior goleada do confronto também é do Flamengo - 7 a 0, em jogo válido pela Copa Mercosul de 1999.

Ficha Técnica

Universidad do Chile-CHI x Flamengo-BRA

Local: Estádio Monumental de Santiago, em Santiago, Chile
Data: 17/03/2010
Horário: 21h50
Árbitro: Jorge Larrionda - URU

Universidad do Chile
Esteban Conde; José Contreras, Mauricio Victorino, Rafael Olarra e Matías Rodríguez; Felipe Seymour, Marco Estrada, Edson Puch e Walter Montillo; Eduardo Vargas e Juan Manuel Olivera.
Técnico: Gerardo Pelusso.

Flamengo
Bruno; Leonardo Moura, Álvaro, Fabrício e Juan; Rodrigo Alvim, Willians, Kleberson e Vinícius Pacheco; Vágner Love e Adriano.
Técnico: Andrade.