Caracas-VEN 1 x 3 Flamengo - Love deixa o Fla 100%

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 10 (AFI) - Com dois gols do atacante Vágner Love, um em cada tempo, e um de Rodrigo Alvim, o Flamengo venceu o Caracas-VEN, por 3 a 1, nesta quarta-feira, fora de casa, pela segunda rodada da Copa Libertadores. A vitória afasta a crise que ronda a Gávea desde o episódio da briga envolvendo o atacante Adriano, sua noiva e outros jogadores flamenguistas.

O triunfo foi o segundo em dois jogos do Rubro-negro na competição continental, deixando o clube na liderança isolada do Grupo 8 com seis pontos. Ao contrário do Flamengo, o Caracas perdeu os dois jogos e segura a lanterna da chave, ainda sem pontuar.

Artilheiro do amor põe Fla na frente...teve mais posse de bola, mas sua limitação técnica o impediu de largar na frente no marcador. O time venezuelano tocava bem a
O Flamengo começou o jogo sonolento e demorou para se encontrar em campo. Já o Caracas pressionou nos primeiros minutos e bola, mas pouco ameaçava o gol de Bruno.

Aos 31 minutos o Caracas quase tirou o zero do placar, no que seria um golaço. Guerra, da entrada da área, viu Bruno antecipado e tentou de cobertura. A bola passou perto do gol, com muito perigo. Mesmo sem criar quase nada, o Mengão encontrou seu gol no final da primeira etapa.

Aos 36 minutos, Romero colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro colombiano Wilmar Roldán apontou a marca da cal. Vágner Love foi para a cobrança e bateu no canto esquerdo, abrindo o placar para o Mengão no Estádio Olímpico de Caracas.

...e decide o jogo!amarelo, foi expulso, deixando o time carioca com um a menos em campo. Com isso, o Caracas cresceu e partiu para cima do
No começo do segundo tempo a situação ficou complicada para o Flamengo. O volante Toró fez falta dura, e como já tinha cartão Mengão.

Com isso, conquistou o empate aos 19 minutos. Castellín recebeu a bola na área, passou por Álvaro e chutou cruzado para empatar a partida. Após o empate e em vantagem numérica, o time venezuelano se empolgou e se mandou para o ataque. Este foi o grande erro do time da casa, que passou a dar muitos espaços ao Rubro-negro.

Aos 18 minutos, por muito tempo o time brasileiro não passou à frente do placar. Kleberson entrou em velocidade pela área, chutou forte e a bola explodiu no travessão e foi para fora. Mas dois minutos depois não teve jeito e o Flamengo fez o segundo. Vagner Love recebeu lançamento, invadiu a área e mandou para o fundo do gol.

Depois, o Caracas pressionou o Flamengo em busca do empate. Mas o time carioca soube segurar a pressão do time venezuelano e ainda fez mais um nos acréscimos. Rodrigo Alvim fez jogada individual pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado na saída do goleiro.

Próximos jogos
Pela Libertadores, os dois times voltama campo na próxima quarta-feira. O Flamengo joga contra o Universidad de Chile, fora de casa, enquanto o Caracas enfrenta o Universidad Católica-CHI, novamente em casa.

Ficha Técnica

Caracas-VEN 1 x 3 Flamengo-BRA

Local: Estádio Olímpico, em Caracas-VEN
Árbitro: Wilmar Roldán - COL
Cartões amarelos: Bruno, Toró (Flamengo); Valoyes e Romero (Caracas)
Cartão vermelho: Toró (Flamengo)
Gols: Vágner Love, 36'/1T e 29'/2T e Rodrigo Alvim, 47'/2T (Flamengo); Castellin, 19'/2T (Caracas)

Caracas
Jiménez, Alejandro Guerra e Jesús Gómez (Alexander Gonzalez); Zamir Valoyes e Rafael Castellín (Fernando).
Técnico: Noel SanvicenteRenny Vega; Giovanni Romero (Rodrigo Prieto), Jaime Bustamante e Alejandro Cichero; Gabriel Cichero, Franklin Lucena, Edgar

FlamengoPacheco e Vágner Love.
Técnico: Andrade
Bruno; Leo Moura, Alvaro, Fabricio e Juan; Toró, Fernando (Rodrigo Alvim), Kléberson e Petkovic (Ronaldo Angelim); Vinicius