De olho na vaga, Figueirense confirma presença no julgamento do TJD-SC

O Furacão garante vaga nas quartas de final do Campeonato Catarinense se o Hercílio Luz for punido

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 03 (AFI) - Na condição de terceiro interessado, o Figueirense confirmou presença no julgamento desta terça-feira, onde o Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) vai analisar se o Hercílio Luz utilizou ou não o zagueiro Alisson irregular contra o Brusque, pela nona rodada do Campeonato Catarinense.

"O Figueirense Futebol Clube, por meio de seu Conselho Administrativo, informa ao torcedor alvinegro que se fará presente no julgamento do processo n.º 42/2021, que se realizará na próxima terça-feira (04/05), junto a 4ª Câmara Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina, que analisará a suposta infração (escalação irregular de atleta) cometida pelo Hercílio Luz Futebol Clube na partida contra a equipe do Brusque, na condição de terceiro interessado", anunciou o clube em nota oficial.

Figueirense pode ficar com vaga nas quartas de final (Foto: Divulgação/Figueirense)
Figueirense pode ficar com vaga nas quartas de final (Foto: Divulgação/Figueirense)
Se for punido pelo TJD-SC, o Hercílio Luz perderia três pontos e ficaria atrás do Figueirense, que assumiria o oitavo lugar e conseguiria a classificação para as quartas de final do Catarinense e enfrentaria a Chapecoense.

Diante dessa indefinição, o jogo de ida da semifinal entre Marcílio Dias e Chapecoense, marcado para o último final de semana, acabou sendo adiado.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA DO FIGUEIRENSE

O Figueirense Futebol Clube, por meio de seu Conselho Administrativo, informa ao torcedor alvinegro que se fará presente no julgamento do processo n.º 42/2021, que se realizará na próxima terça-feira (04/05), junto a 4ª Câmara Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina, que analisará a suposta infração (escalação irregular de atleta) cometida pelo Hercílio Luz Futebol Clube na partida contra a equipe do Brusque, na condição de terceiro interessado.

O membro do Conselho Deliberativo, Nikolas Bottós, será o advogado do Clube.

A direção do Figueirense reitera que segue acompanhando os desdobramentos, sem perder o foco na preparação do elenco para a disputa da série C do Campeonato Brasileiro.