Com vaga ameaçada, Figueirense faz denúncia à FCF contra erros de arbitragem

Figueirense ocupa a oitava colocação com dez pontos, a dois do Criciúma, vice-lanterna

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 19 (AFI) - O Figueirense perdeu do Próspera, por 1 a 0, chegou ao terceiro jogo sem vitória e, com a vaga ameaçada no Campeonato Catarinense, resolveu chorar para a Federação Catarinense de Futebol (FCF) por conta de supostos erros de arbitragem.

"O Figueirense Futebol Clube, por meio da sua diretoria executiva, protocolou junto a Federação Catarinense de Futebol (FCF), nesta segunda-feira (19), representação denunciando sobre os constantes erros de arbitragem que têm prejudicado o clube no campeonato estadual", diz a nota alvinegra.

Figueirense na bronca. (Foto: Patrick Floriani / FFC)
Figueirense na bronca. (Foto: Patrick Floriani / FFC)
PÊNALTI?

Apesar de informar "constantes erros de arbitragem", na nota divulgada pelo clube há menção apenas ao último jogo em que manteve o Figueira no G8, mas a dois pontos da degola.

"No jogo do último domingo (18), o inconformismo repousa sobre dois lances capitais, um deles aos 30 minutos do segundo tempo, quando um pênalti inexistente foi marcado em desfavor do Figueirense, e o outro, aos 37 minutos, quando o zagueiro do Próspera atingiu a bola dentro da área com a mão, impedindo um lance claro de gol do alvinegro", segue o chororô.

ALERTA!
O Figueirense ocupa a oitava colocação com dez pontos, a dois do Criciúma, vice-lanterna.

"O Figueirense esclarece que a sua manifestação tem como propósito maior o de alertar pelos graves e repetidos erros na condução das partidas, que vêm ocasionando sérios prejuízos aos clubes e ao Campeonato Catarinense de maneira geral", finaliza a nota.

CENÁRIOS!
Na quarta-feira, às 21h30, o Figueirense receberá o Marcílio Dias no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Em caso de vitória, o Figueirense ficará bem próximo da vaga, mas ainda assim terá que olhar para os resultados de Joinville (13) e Concórdia (10). Se empatar, Concórdia e Hercílio Luz não poderão vencer e o Criciúma, que abre a zona de rebaixamento com oito pontos, não poderá golear por cinco ou mais gols de diferença.

Agora, se o Figueirense for derrotado, o Concórdia tem que perder e Hercílio Luz e Criciúma não podem vencer. Com empate e derrota, o Figueirense ainda pode cair. Basta que Concórdia, Hercílio Luz e Criciúma vençam seus jogos.