Jorginho é apresentado no Figueirense e fala em "conquistar a nossa permanência"

Atropelado pelo Vitória, por 3 a 0, o Figueirense vem de três derrotas seguidas e quatro jogos sem vitória

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 16 (AFI) - O técnico Jorginho, de 55 anos, foi apresentado oficialmente, nesta segunda-feira, pelo Figueirense. O treinador chega para substituir Elano e com a árdua tarefa de evitar o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Ele já começou a trabalhar com o elenco do time catarinense.

"É uma satisfação e agradeço o convite e a confiança. Vamos nos dedicar ao máximo para ajudar os atletas a conquistarem a nossa permanência. Vamos lutar e vamos conseguir", cravou o treinador que esteve ao lado do presidente Norton Boppré.

UM OBJETIVO!
Atropelado pelo Vitória, por 3 a 0, o Figueirense vem de três derrotas seguidas e quatro jogos sem vitória. A sequência negativa deixou o clube catarinense no 18º lugar, na zona de rebaixamento, com 19 pontos, a quatro do primeiro fora da degola.

Jorginho chegou com uma difícil missão. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense)
Jorginho chegou com uma difícil missão. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense)
"Não é fácil, mas tenho certeza que vamos conseguir. Eu acredito muito nesses meninos, pois eles estão provando no dia a dia, para mim, que vão lutar por isso. Isso é o mais importante. Eu não aceito outra coisa, é a minha personalidade, minha forma de ser.

Acho que temos que nos entregar ao máximo pela instituição que dá o nosso sustento e pela alegria de estar trabalhando. Fazer com que os torcedores sejam felizes é a coisa mais importante no futebol. Vamos lutar por isso", seguiu Jorginho.

REFORÇOS?
Mesmo acreditando no elenco, Jorginho, que levou para sua comissão técnica o auxiliar Wellington Santos de Oliveira (Biro) e o preparador físico Alexandro Jackson, sabe que precisa de reforços para o restante da Série B que já caminha para a 22ª rodada.

"O reforço sempre é bom, mas eu acredito também nos jogadores que estão aqui e espero o retorno deles. Para vir reforço, tem que chegar jogando e estar em condição. Pode ser que alguns que eu conheça, que caberiam aqui porque há necessidade, eu acredito que, se a diretoria conseguir, nós vamos tentar trazer", explicou.

QUEM É ELE?
Jorge Luís da Silva, o Jorginho, é natural de São Paulo (SP). Após vitoriosa carreira como atleta de futebol, Jorginho iniciou, em 2007, a sua trajetória como treinador, com passagens por clubes como Palmeiras, Goiás, Athletico Paranaense, Bahia, Vitória e Chapecoense, entre outros.

Na Portuguesa (SP), conquistou o título da Série B do Campeonato Brasileiro, em 2011. Seu último trabalho foi no Juventus, de Jaraguá do Sul, onde chegou às semifinais do Campeonato Catarinense deste ano (2020).

RECUPERAÇÃO!
Para tentar reverter a situação, o time de Jorginho visitará o Cruzeiro na próxima sexta-feira, às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 22ª rodada.

O Figueirense tem a quarta pior campanha como visitante da Série B com duas vitórias, dois empates e sete derrotas. A última vitória fora foi justamente na capital mineira contra o América (1 a 0) em 19 de setembro pela décima rodada.