Aliviado, Márcio Coelho comemora tempo livre e projeta jogo contra a Chapecoense

Campeonato Catarinense parou no carnaval e deu aos treinador um tempo para focar em treinos e preparação

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 28 (AFI) - Márcio Coelho está um pouco aliviado. O técnico do Figueirense teve dez dias para recuperar os jogadores e treinar forte visando o duelo contra a Chapecoense no próximo domingo, às 16 horas, pela sétima rodada. O Campeonato Catarinense parou no carnaval e deu aos treinador um tempo para focar em treinos e preparação.

"Foi um período precioso, ainda com a sensação de um alivio. A gente brinca que treinador não tem alegria, ele sente alívio. Depois de um momento difícil, viemos de uma sequência forte, então esses 10 dias em que pudemos recuperar os atletas, dar uma folga após mais de 40 dias trabalhando sem parar", disse ele.

"Mais do que isso, poder recuperar alguns atletas, retorno do Everton, chegada do João Diogo. Trabalhamos algumas situações para ter algumas alternativas para os jogos. Foi muito positivo, estou muito feliz com esse período", completou Coelho.

Tempo para trabalhar. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense)
Tempo para trabalhar. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense)
SUSPENSE!

Mesmo com o tempo sem jogos, Márcio Coelho preferiu não dar todas as armas para o adversário e fez mistério na escalação. E olha que o Figueira jogará no Orlando Scarpelli contra a lanterna Chapecoense que ainda não venceu.

"Ainda temos dois treinos, o time não está definido, mas claro que já temos clareza de como vamos jogar. Mas vamos treinar ainda, ontem pude acompanhar o jogo da Chapecoense, me deu mais ideias sobre o que vamos enfrentar no domingo", pontuou.

Fato é que o treinador fará, ao menos, duas alterações. Marquinho será titular e João Diogo irá para o banco de reservas. O atacante João Diogo estava no futebol ucraniano e fica à disposição para reestrear. O meia Everton se recuperou de lesão muscular e também ficará à disposição.

"O João me dá opções de jogo pelo lado, como um 9, o pensamento é que o João já esteja à disposição sim. O Marquinho com duas semanas de trabalho já jogou 90 minutos contra o Marcílio, entrou em uma função de falso 9, depois mudou e foi para o lado, é um atleta que agrega muito. A tendência é que ele inicie o jogo sim", explicou o comandante.

O Figueirense ocupa a quarta colocação com dez pontos, três a menos do que o líder Brusque.