Série B: Após livrar Figueirense da queda, presidente sonha com acesso em 2020

Chiquinho de Assis aceitou o desafio de assumir o cargo após a saída polêmica da Elephant durante a Série B

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 25 (AFI) - A permanência do Figueirense na Série B do Brasileiro após o empate sem gols com o CRB, na última sexta-feira, foi bastante comemorada por todos no clube. O presidente Chiquinho de Assis era um dos mais eufóricos.

O mandatário, que aceitou o desafio de assumir o cargo após a saída da empresa Elephant, não escondeu o alívio com a situação e mostrou confiança em levar o Figueirense à elite do Brasileirão em 2020.

Chiquinho de Assis comemorou a permanência do Figueirense (Foto: Patrick Floriani/FFC)
Chiquinho de Assis comemorou a permanência do Figueirense (Foto: Patrick Floriani/FFC)
"Quem sabe em 2021, quando o clube completa o Centenário, a gente não esteja disputando a Série A, assim como fez o Fortaleza (em 2018). Vamos repetir essa história, certamente!", afirmou Chiquinho de Assis.

Invicto há 11 jogos - oito empates e três vitórias -, o Figueirense é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 40 pontos, e não pode mais ser alcançado por Londrina, São Bento, Criciúma e Vila Nova. Todos eles estão com 36.

A despedida do Figueirense em 2019 será contra o Operário, no sábado, às 16h30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela última rodada da Série B.