Série B: Vidotto aproveita chance no Figueirense e comemora: ‘Minha melhor fase’

Goleiro de 26 anos vem colecionando boas atuações apesar do momento ruim vivido pelo clube

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 10 (AFI) - Destaque no empate sem gols com o São Bento, na última sexta-feira, o goleiro Matheus Vidotto é um dos poucos pontos positivos do Figueirense na Série B. Em meio ao jejum de 12 jogos sem vitória da equipe, o jogador de 26 anos aproveitou as oportunidades e está correspondendo, tanto que ele próprio considera o momento atual como o melhor da carreira.

A experiência do goleiro como profissional ainda é pouca. Criado nas categorias de base do Corinthians, ele mal teve espaço diante de concorrentes como Cássio, Walter e até Caíque, também oriundo da base. O contrato com o time paulista terminou em dezembro de 2018, quando ele acertou com o Figueirense.

“Estou desde o começo do ano no clube e mesmo não indo para os jogos segui trabalhando. Atuei pelo sub-23 e isso me ajudou na sequência de jogos. Eu joguei pouco pelo Corinthians e com certeza essa é a melhor fase pela sequência, pois para goleiro é importante ter ritmo. Com certeza é a minha melhor fase, sim”, afirmou Vidotto.

Foto: Matheus Dias/FFC
Foto: Matheus Dias/FFC
DISPUTA
Após jogar pelo time sub-23, Vidotto venceu a disputa com Elisson e Pegorari para ficar com a vaga de Denis, que rescindiu o contrato na Justiça do Trabalho. Ele foi utilizado na Série B pela primeira vez no dia 3 de agosto, contra o Vila Nova, e desde então jogou cinco partidas.

“Em questão do Denis não rolou nenhuma conversa que agora seria minha chance, mas foi continuidade do trabalho. Vinha me preparando e apareceu a oportunidade. Infelizmente ele teve que sair. Profissional incrível e que não tenho nada a falar dele. Fiquei chateado, pois era um líder e um dos melhores do grupo, mas vida continua”, comentou o goleiro.

O Figueirense campo no próximo domingo, em duelo contra o Sport, no Orlado Scarpalli, pela 22ª rodada. Em busca de encerrar o longo jejum de vitórias, o time comandado por Enderson Moreira está em 17º lugar, dentro da zona de rebaixamento, com 22 pontos.