Catarinense: Figueirense tem caras novas e time reforçado para a semi

Os meias Tony e Fellipe Mateus já treinam com o grupo, mas não podem ser utilizados no estadual

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 09 (AFI) – O Figueirense segue treinando visando a disputa da semifinal do Campeonato Catarinense, no próximo domingo, contra a Chapecoense. No entanto, as principais novidades do clube não estarão em campo pelo estadual.

Contratados na última semana, os meias Tony e Fellipe Mateus, que disputaram o Campeonato Paulista pela Ferroviária, participaram das atividades com bola comandadas pelo técnico Hermerson Maria ao lado dos jogadores reservas. Os jogadores titulares do último domingo fizeram apenas um treino regenerativo.

O treinador aproveitou para conversar bastante com o grupo e sabe que poderá contar com elenco reforçado para a partida de domingo.

TIME REFORÇADO
Se os recém-chegados Tony e Fellipe Mateus ainda não podem atuar, Hemerson Maria volta a contar com o volante Zé Antônio e o atacante Juninho, que cumpriram suspensão na última partida e têm condições de jogo. Além disso, todos os demais jogadores que foram poupados, voltam a ser opções.

No entanto, o treinador optou por deixar o favoritismo para o lado do adversário, e afirmou que o fator casa dá uma vantagem à Chapecoense no confronto de mata-mata do domingo.

“A Chapecoense leva vantagem por jogar em casa. O público estará presente em bom número, mas nós temos uma campanha fora de casa até melhor do que dentro. Em Chapecó, não podemos cometer nenhum erro”, avaliou o treinador.