Catarinense: Técnico do Figueirense contém animação e minimiza liderança

Hermerson Maria destacou os desafios que estão por vir na temporada e afirmou que a boa fase não representa nada

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 11 (AFI) - O bom momento vivido pelo Figueirense no Campeonato Catarinense, com direito a invencibilidade e liderança do torneio, parece não iludir o técnico Hemerson Maria. Após a vitória por 3 a 1 sobre o Hercílio Luz, o treinador minimizou a fase dizendo que nada ainda foi conquistado.

"Não representa nada. Não estamos classificados para a semifinal, não passamos de fase na Copa do Brasil e ainda nem começou a Série B, que é o objetivo do ano. Claro que é um início legal de trabalho, mas os resultados são melhores que a performance", afirmou.

"Daqui a pouco vamos oscilar, mas está tendo uma entrega. Você vê a vibração nos gols. O Figueirense está criando a identidade de um time guerreiro, mas não podemos nos iludir. Temos 57 jogos para fazer no ano, mas pode aumentar. E só fizemos sete. Ainda é muito cedo para acharmos que somos o Barcelona. Tivemos que ir no nosso limite para vencer. Quando não tiver esse limite, vamos sofrer. A liderança é momentânea. Só vamos descansar no final do ano e com o objetivo cumprido de recolocar o Figueirense na Série A", continuou o treinador.

Hermerson também falou sobre a entrega e sobre as alterações. Para ele, o time ainda precisa melhorar para buscar o equilíbrio.

"Enfatizei na conversa com os atletas, que a vitória foi pela força do grupo. Estávamos em um momento delicado da partida, aí entrou o Willian Popp, Matheuzinho e o Júlio Rusch, e tiveram participação direta nos gols. Eles melhoraram o rendimento da equipe, e mostra que temos um elenco competitivo. Precisamos de um grupo e esse grupo está sendo formado, fortalecido e ficou provado no jogo", afirmou.

O clube catarinense retornará a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Boavista no estádio do Bacaxá, em Saquarema, às 20h30, pela primeira fase da Copa do Brasil. O Alvinegro precisa apenas de um empate. Pelo Catarinense, o próximo compromisso será no clássico contra a Chapecoense, no sábado, às 17h, na Arena Condá, em Chapecó. Ambos possuem 17 ponto, mas o Figueirense leva melhor nos critérios de desempate e lidera.

 
 
" />