Após derrota no clássico contra Avaí, Figueirense demite René Simões

O treinador sai deixando o Figueira na 17ª colocação, com 27 pontos

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 17 (AFI) - A 26ª rodada do Campeonato Brasileiro foi cruel para alguns treinadores. Após Enderson Moreira deixar o Fluminense, foi a vez de René Simões ser demitido do Figueirense. A cabeça do treinador foi cobrada pelos torcedores em coro, após a derrota no clássico para o Avaí e isso acabou pesando na decisão da diretoria, além do trabalho pífio, que colocou o clube na zona de rebaixamento.

René Simões chegou para dar complemento ao bom trabalho realizado por Argel Fucks, que aceitou um convite do Internacional, mas não conseguiu engatar bons resultados e não aguentou a pressão. O nome mais cotado para assumir a equipe é de Adilson Batista

René Simões é o 21° técnico demitido no Brasileirão
René Simões é o 21° técnico demitido no Brasileirão

No comando do Figueirense, René Simões fez oito partidas, com três vitórias, quatro derrotas e um empate. Do meio da tabela, o time acabou caindo para a zona de rebaixamento, acirrando a briga com Coritiba, Goiás, Joinville e Vasco da Gama.

Até que um novo treinador seja anunciado, o Alvinegro passará a ser comandado por Hudson Coutinho, assim como aconteceu na saída de Argel. René Simões foi uma aposta errada do Figueirense, que visava ficar tranquilo entre os dez primeiros colocados nessa altura do campeonato.

 
 
" />