Série C: Veiga estreia no Ferroviário e percebe elenco 'machucado' e 'chateado'

Treinador diz que o momento é de resgatar a autoestima dos atletas para recuperar o rendimento

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 06 (AFI) - Contratado para tentar dar início a uma reação no Ferroviário após a saída de Leandro Campos, o técnico Marcelo Veiga estreou com uma derrota por 2 a 1 para o ABC.Essa foi a quarta derrota seguida da equipe, que já liderou o Grupo A da Série C, mas caiu muito de rendimento após a saída de Marcelo Vilar para o São Caetano.

Na avaliação de Veiga, o problema do time no momento é a ansiedade dos jogadores em reverter a situação complicada, ainda mais depois de terem vivido uma fase tão boa anteriormente.

"Essa ansiedade que eles têm de reverter essa situação é complicado. Eles estão machucados. Vem de quatro derrotas. Encontramos um grupo chateado e abaixo do que a gente queria. Os treinamentos estão sendo produtivos, mas infelizmente esse resultado agora não proporcionou aquilo que a gente esperava”, avaliou o treinador.

Foto: Xandy Rodrigues / Ferroviário
Foto: Xandy Rodrigues / Ferroviário
“Agora é correr atrás. Vamos jogar a responsabilidade para cada um novamente. Agora vamos ver quem tem garrafa vazia para vender. Temos que tirar lições dessa partida, para que nos próximos jogos a gente que não sofra tanto que a gente sofreu. E que a gente possa entrar com um pouco mais de personalidade", completou.

Apesar da fase ruim, o Ferroviário conseguiu se manter na zona de classificação graças à gordura conquistada durante o primeiro turno. Em quarto lugar, com 23 pontos,o time se prepara para enfrentar o lanterna Treze no próximo domingo, no Amigão;