Paulistão: Técnico da Ferroviária lamenta pouco tempo de trabalho após empate

Dado Cavalcanti acredita que a Locomotiva fez um bom segundo tempo, mas faltou o gol

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 22 (AFI) - Contratado durante a paralisação do Campeonato Paulista por conta da pandemia, Dado Cavalcanti estrou no comando da Ferroviária com um empate sem gols com o Ituano, nesta quarta-feira, no Canindé, pela penúltima rodada.

Ao final da partida, Dado Cavalcanti lamentou o pouco tempo que teve para trabalhar, mas elogiou o segundo tempo da Ferroviária, quando o time criou algumas oportunidades.

Ferroviária ficou no empate sem gols com o Ituano (Foto: Miguel Schincariol)
Ferroviária ficou no empate sem gols com o Ituano (Foto: Miguel Schincariol)
"Tivemos pouco tempo para trabalhar 11 contra 11, não houve sequer um amistoso. Mas o ajuste vai sendo feito jogo a jogo. Não deu para sair com a vitória, mas fizemos um bom jogo, principalmente no segundo tempo. Faltou o gol", disse o treinador.

O resultado não foi dos melhores para a Ferroviária, que vai chegar na última rodada com chances de rebaixamento, mas dependendo apenas de si para se manter por mais um ano na elite do Paulistão.

Na terceira colocação do Grupo D, com 12 pontos, a Ferroviária encara a Internacional de Limeira, às 16 horas do próximo domingo, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.