Sérgio Soares: "Não temos que pensar no futebol e sim nos humanos"

Técnico da Ferroviária elogiou a paralisação do Paulistão por causa do COVID-19

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 23 (AFI) - O planeta da bola está parado. O assunto deixou de ser gols, vitórias, classificação e títulos. O tema atual é a pandemia coronavírus. E os artistas do esporte tentam dar sua contribuição. O técnico Sérgio Soares, da Ferroviária, elogiou a paralisação pelo bem das pessoas.

"Nesse momento a gente tem que pensar no ser humano, temos que dar valor à vida, porque estamos vivendo um momento muito difícil. Não temos que pensar no futebol e sim nos humanos, que é isso que vale muito mais para todos nós", disse ele.

"A paralisação foi uma atitude sensata por parte de quem comanda o futebol, porque todo mundo está sujeito a pegar esse vírus. Então a partir do momento que você consegue isolar um pouco as pessoas, vamos amenizando o risco. Agora entendemos o quanto isso é perigoso e o tanto que traz prejuízo para todos, às vezes tendo que pagar com a própria vida", completou SS.

Mudando de assunto. (Foto: Tiago Pavini / Ferroviária)
Mudando de assunto. (Foto: Tiago Pavini / Ferroviária)

SITUAÇÃO!
A luta contra o rebaixamento e a briga pela classificação ficaram de lado por enquanto. A Ferrovária ocupa a lanterna do Grupo D com 11 pontos, cinco a menos do que o G2. Na classificação geral que define os degolados, a Ferrinha está a três do descenso.

Na volta do Paulistão, o time de Araraquara fará um confronto direto ante o Ituano no Novelli Júnior, em Itu, pela 11ª e penúltima rodada.