Ferroviária segura elenco e prevê time com fôlego para segundo semestre

A Ferrinha está também em busca de um novo treinador, já que Sérgio Soares foi demitido

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 30 (AFI) - Nos últimos anos, a Ferroviária foi obrigada a se desfazer dos principais atletas do elenco após a disputa do Campeonato Paulista, na temporada 2020 a ideia é outra. Com a chegada da MS Sports, novo grupo investidor, o objetivo da diretoria é manter a base do torneio estadual e fazer contratações pontuais para qualificar o elenco.

Esse planejamento vem sendo aplicado desde janeiro e não sofrerá avarias nem mesmo com os desdobramentos da pandemia do Coronavírus que provocará grandes transformações, segundo diferentes especialistas de áreas as mais distintas, inclusive do futebol.

COMPETIÇÃO IMPORTANTE
Por conta dessa estratégia que tem como horizonte o longo prazo, não eventuais transtornos como os atuais, o empresário Saul Klein, principal investidor do grupo, garante que o time no segundo semestre sofrerá poucas baixas e classifica a competição como a mais importante do ano.

“Nós não precisamos mais nos desfazer dos principais atletas do elenco. A Ferroviária terá fôlego no segundo semestre para ser muito competitiva na Série D. Aliás, qualifico essa competição como a principal do clube na temporada. Desde o início nosso planejamento foi elaborado pensando em construir uma base sólida para a disputa do Brasileiro”, declarou Saul Klein.

Saul Klein, investidor da Ferroviária
Saul Klein, investidor da Ferroviária

MANUTENÇÃO DO ELENCO
Para Pedro Martins, executivo de futebol, a maior contratação da Locomotiva é a manutenção das principais peças da equipe, bem como o preenchimento de eventuais lacunas técnicas sem desgarrar-se dos referenciais financeiros estabelecidos para sustentar uma trajetória sem oscilações.

“Na minha interpretação a maior vitória que poderíamos ter é a manutenção do elenco. Temos diversos casos que demonstram que a permanência do grupo é um fator decisivo entre os clubes que conquistam o acesso. Acredito que estamos no caminho certo e que vamos colher bons frutos deste investimento”, analisou o executivo.

NOVO TREINADOR!
Após a saída do técnico Sérgio Soares, a diretoria estuda a contratação de um novo treinador.“Essa decisão será tomada com bastante critério. Vamos aproveitar bem o tempo, fator escasso da nossa administração até aqui. Nosso conselho gestor de futebol fez uma pesquisa profunda. A partir de agora vamos analisar e discutir nomes baseado no modelo tático de jogo, perfil de liderança e nos conceitos que buscamos para a equipe”, concluiu Saul Klein.

Pedro Martins. Foto: Rodrigo Corsi
Pedro Martins. Foto: Rodrigo Corsi

Sérgio Soares deixou a Ferroviária na última sexta-feira. Sob o comando do treinador, a Locomotiva disputou 10 jogos no Campeonato Paulista e conquistou 11 pontos dos 30 disputados, dos quais duas vitórias, cinco empates e três derrotas. O aproveitamento foi de 36% dos pontos disputados.

O time está três pontos acima do Botafogo, penúltimo colocado do Paulistão com 8 pontos e ainda corre risco de rebaixamento restando duas rodadas para o término da competição. Campanha abaixo do esperado para um clube bem estruturado, com salários em dia e premiações robustas.

SÉRIE D
A Ferroviária é um dos clubes paulistas classificados para a Série D. Os demais são: Mirassol, Novorizontino e São Caetano.