Copa Paulista: Técnico lamenta segunda derrota mas acredita na reação da Ferroviária

Vinicius Munhoz ainda lamentou as poucas finalizações afeanas na derrota para o São Caetano

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 07 (AFI) - Complicou. Com apenas três pontos somados na terceira fase, já que vem de duas derrotas seguidas, a Ferroviária terá que fazer um segundo turno de recuperação para ter chance de seguir vivo na briga pela classificação às semifinais da Copa Paulista. O técnico Vinicius Munhoz lamentou as poucas finalizações afeanas na derrota para o São Caetano, pelo placar de 1 a 0, que aconteceu no último sábado.

"Se tivéssemos acelerado um pouco mais as ações ou transformado a posse de bola em chances, poderíamos ter criado um volume maior de finalizações. Não conseguimos transformar o domínio da bola em chances e acabamos levando o gol, que comprometeu o resultado da partida", explicou o treinador.

Vinicius Munhoz lamentou as poucas finalizações afeanas na derrota para o São Caetano
Vinicius Munhoz lamentou as poucas finalizações afeanas na derrota para o São Caetano
Com três pontos ganhos, a Ferroviária amarga a terceira colocação e vê seus principais rivais abrindo vantagem na liderança do Grupo 10 - São Caetano e Mirassol somam sete pontos e seguem invictos. Apesar da situação complicada, o comandante confia na reação da AFE.

"A Ferroviária veio de um primeiro turno difícil na fase anterior e agora temos plenas condições, pela força de recuperação que nosso time tem, de vencer na próxima rodada e entrar de vez na briga pela classificação. Criamos uma expectativa positiva, mas o segredo antes é virar essa página e nos prepararmos para voltar a vencer", concluiu o comadante.

A Ferroviária volta a campo no próximo sábado contra o São Caetano, às 18h, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara.