Série D: Ferroviária analisa derrota para o Avenida-RS e perda de invencibilidade

Apenas o campeão de cada grupo mais os 15 melhores segundos avançam ao mata-mata, que oferece quatro vagas à Série C de 2020

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 13 (AFI) - Pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, a Ferroviária-SP enfrentou o Avenida-RS, em Santa Cruz do Sul, e acabou saindo derrotada por 1 a 0, após 10 jogos de invencibilidade na temporada, somando também o Paulistão.

“Pelo que fizemos no segundo tempo, onde mostramos nossa cara e colocamos em prática nosso futebol, mesmo com as condições do campo não ajudando, merecíamos um resultado final melhor. Mas, não há tempo para lamentar. Temos que descansar e seguir com o trabalho, porque temos mais um jogo difícil fora de casa", disse o goleiro Gabriel Leite.

A Locomotiva Grená volta a campo no próximo sábado, para enfrentar o Maringá-PR, novamente fora de casa. No momento, os gaúchos lideram o Grupo A17, com quatro pontos.

Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária SA
Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária SA

Depois, paulistas, com três, paranaenses, com dois, e Joinville, com um. Apenas o campeão de cada grupo mais os 15 melhores segundos avançam ao mata-mata da Série D.

“Tínhamos falado no meio da semana sobre como seria difícil jogar aqui e o quanto eles vendiam caro as derrotas. Nos preparamos para o estilo de jogo deles, que é de muita imposição física e confrontos. Foi uma partida que o detalhe decidiu o jogo e nós tivemos oportunidades para ter um resultado melhor. Vamos enfrentar um outro jogo fora de casa e vamos trabalhar para nos recuperar”, completou o técnico Vinicius Munhoz.