Copa Paulista: Artilheiro da Ferroviária lamenta 'gol do título' salvo por adversário

O camisa 7 chutou de primeira, forte, com a esquerda, e viu o zagueiro Paulo Henrique em cima da linha

por Federação Paulista (FPF)

Araraquara, SP, 02 (AFI) - O cronômetro marcava 12 minutos do segundo tempo quando, após um cruzamento, a zaga do Votuporanguense afastou mal e a bola caiu no pé de Tom. O camisa 7 da Ferroviária, artilheiro do time na Copa Paulista, chutou de primeira, forte, com a esquerda, e viu o zagueiro Paulo Henrique tirar em cima da linha.

Artilheiro da Ferroviária lamenta 'gol do título' salvo por adversário
Artilheiro da Ferroviária lamenta 'gol do título' salvo por adversário
O atacante lamentou a bola que não entrou. “Com certeza aquela bola era a do título. Nem lembrava da artilharia. Tiraram a bola em cima da linha, foi por detalhe mesmo”, relembrou. Autor de 10 gols na campanha, um deles no primeiro tempo da final, Tom foi o vice-artilheiro do torneio, atrás de Felipe Fumaça (Olímpia) e Léo Castro (Red Bull), que marcaram 11 vezes.

Sem o gol de Tom, a Ferroviária empatou no tempo normal e acabou derrotada nos pênaltis. “Com certeza fica o gosto amargo. Lutamos para ser campeão, jogamos em cima deles, mas a decisão foi para os pênaltis e numa infelicidade que acontece perdemos. Pedimos desculpa para a torcida, mas só quem está ali para sentir e bater”, finalizou.

Ruben Fontes Neto, especial para FPF

 
 
" />