Segundona: Sem presidente, participação do Fernandópolis vira incógnita

"Tentei fazer o possível. Torço para que a situação se resolva e tudo fique definido", disse Valter Cândido Alves

por Oscar Silva

Fernandópolis, SP, 4 (AFI) - Apesar de ter previsão para começar em abril, o Campeonato Paulista da Segunda Divisão não sabe se terá a presença do Fernandópolis. Isso porque, no último dia 31, venceu o mandato de Valter Cândido Alves como presidente e ainda não há um novo mandatário - ou seja, o cargo máximo do clube está vago.

Valter Cândido Alves
Valter Cândido Alves

Por isso, a incumbência de montar uma nova diretoria fica com o vereador Ademir Almeida, presidente do Conselho Deliberativo.

Existe a possibilidade de um gestor assumir a Águia - o nome ainda não foi divulgado porque ainda não houve reuniões entre as partes.

"Venceu o meu mandato e entreguei o cargo por várias razões. O clube precisa ser visto com mais carinho por parte de empresários, cidade, comércio, enfim, por todos. O Fernandópolis é muito grande. Tentei fazer o possível. Torço e muito para que a situação se resolva o mais rápido possível e tudo fique definido com a participação no campeonato, a torcida merece. Fiquei sabendo através de terceiros que um grande gestor quer pegar o time. É simples, ver o passado do cidadão e a sua credibilidade. Só sei que tocar futebol hoje em dia está muito difícil e complicado", disse Valter Alves.

 
 
" />