Presidente da UEFA afirma que Eurocopa poderá ter diminuição de sedes

Duas dessas sedes seriam Roma e Bilbao, cidades de Itália e Espanha que sofreram com a Covid-19

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - A pandemia do novo coronavírus ataca. Tanto é verdade que Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, afirmou que a próxima Eurocopa poderá ter diminuição de sedes, uma vez que algumas cidades não deram segurança para a realização dos jogos.

"Tivemos conversas com nove cidades e está tudo pronto. Com três cidades, temos alguns problemas. Então, discutiremos mais. Em princípio, faremos isso em 12 cidades, mas se não, estamos prontos para fazê-lo em 10, nove ou oito", disse ele à BelN Sports.

Plano B do presidente. (Foto: Divulgação)
Plano B do presidente. (Foto: Divulgação)
Duas dessas sedes seriam Roma e Bilbao, segundo informou o Daily Mail. A Itália foi um dos países mais atingidos pela Covid-19. A Espanha também sofreu, mas já se prepara para retomar o Campeonato Espanhol em 12 de junho.

SEDES!
A Eurocopa 2020 se programou para ter jogos em 12 sedes, uma vez que irá comemorar 60 anos do torneio. As sedes seriam: Londres (Inglaterra), Munique (Alemanha), Roma (Itália), Baku (Azerbaijão), São Petersburgo (Rússia), Bucareste (Romênia), Amsterdã (Holanda), Dublin (Irlanda), Bilbao (Espanha), Budapeste (Hungria), Glasgow (Escócia) e Copenhague (Dinamarca).