Só no FI: Jogador que subiu 2 vezes com Guarani leva time tradicional ao acesso no RS

O Esportivo carimbou a vaga à elite do fautebol gaúcho ao empatar com Brasil de Venâncio Aires por 1 a 1

por Agência Futebol Interior

Bento Gonçalves, RS, 12 (AFI) - O Esportivo está de volta à primeira divisão do futebol gaúcho. Na tarde desse domingo, jogando no estádio Montanha dos Vinhedos, na cidade de Bento Gonçalves, empatou com o Brasil de Venâncio Aires por 1 a 1 e garantiu sua presença na primeira divisão do Rio Grande do Sul em 2020.

No primeiro jogo, disputado na cidade de Venâncio Aires, o Esportivo já havia vencido o Guarani por 2 a 1 e entrou em campo nesse domingo jogando pelo empate em partida válida pelas semifinais da Divisão de Acesso do Rio Grande do Sul (equivalente a A2 em São Paulo).

Mesmo jogando pelo empate, o Esportivo foi melhor ao longo de toda a partida e fez seu gol com o volante Jonas, aos 25 minutos da etapa complementar. O Esportivo poderia ter ampliado o marcador, mas perdeu vários gols, principalmente com Tony Junior. Nos minutos finais, o Guarani aproveitou a falta de concentração do Esportivo e empatou a partida aos 46 minutos com o atacante André.

ESPORTIVO FOI FORMANDO COM VÁRIOS VETERANOS
Comandado pelo treinador Carlos Moraes, de 35 anos e que tem dirigido times do interior do Rio Grande do Sul, o Esportivo foi formando com vários jogadores veteranos com destaque para o volante Nunes, de 35 anos, e que conquistou os acessos nas Série C em 2008 e Série B, em 2009, com Guarani, de Campinas. Nunes também atuou em equipes como Grêmio-RS, Náutico-PE e Vila Nova-GO e nos últimos anos vem jogando em times do interior gaúcho.

Nunes leva Esportivo ao acesso no Rio Grande do Sul
Nunes leva Esportivo ao acesso no Rio Grande do Sul
Outro veterano importante no acesso no Esportivo, foi o atacante Zulu, também com 35 anos e que jogou em times como Grêmio-RS, Atlético Paranaense e Juventude-RS, além do meia Athos, de 38 anos e que já vestiu camisas importantes como Criciúma-SC, São Caetano, Oeste e Chapecoense-SC e que conquistou o décimo acesso em sua carreira.

O atacante Nena, de 37 anos e que jogou no Guarani em 2013 e em vários outros times do interior paulista, também faz parte do elenco do Esportivo.

ESPORTIVO É UM TIME TRADICIONAL E FAZ CEM ANOS EM 2019
O Esportivo é uma das equipes mais tradicionais do interior do Rio Grande do Sul, mas vem disputando a Divisão de Acesso desde 2015. Em 1979, tendo o então promissor Valdir Espinosa como treinador, foi vice-campeão gaúcho.

Os festejos pelo acesso têm comemoração especial pois, nesse ano, o Esportivo passa a ser um clube centenário fazendo cem anos no dia 28 de agosto.

YPIRANGA TAMBÉM CONQUISTOU O ACESSO
Além do Esportivo, outro time que conquistou o acesso foi o Ypiranga de Erechim, que na quarta-feira eliminou o Glória, em Vacaria, nos pênaltis.

Agora, Esportivo e Ypiranga farão a decisão do título da Divisão de Acesso do Rio Grande do Sul em dois jogos, sendo o primeiro na próxima quarta-feira, em Erechim.

CONFIRA DETALHES DO ACESSO DO YPIRANGA DE ERECEHIM:

https://www.futebolinterior.com.br/futebol/Ypiranga-RS/noticias/2019-05/time-da-serie-c-do-brasileiro-conquista-acesso-no-futebol-gaucho