BAIANO: Em jogo marcado pelo VAR, Anderson cresce e garante título do Bahia

Arqueiro do Esquadrão de Aço defende pênalti no segundo tempo e garante vitória no tempo normal

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 21 (AFI) – O Campeonato Baiano foi mais uma vez vencido pelo Bahia. Com grande participação do VAR, o Tricolor de Aço venceu o homônimo de Feira por 1 a 0. De pênalti, Gilberto marcou o tento do título.

O destaque, porém, acabou se tornando o goleiro Anderson. Na segunda etapa, ele fez grande defesa em pênalti de Vitinho. O resultado garantiu a 48ª taça estadual.

COBERTURA COMPLETA

O Portal FUTEBOL INTERIOR acompanha todos os Campeonatos Estaduais do Brasil online pelo PLACAR AO VIVO e também depois com comentários e destaques da rodada.

Baixe também o Aplicativo - App Placar FI - tanto pelo Google Play como APP Store.

VEJA TODOS OS DETALHES DOS ESTADUAIS!

ABERTO

Buscando o bicampeonato, o Bahia partiu para cima desde o início. Intimidado, o Bahia de Feira apenas fez se defender. Tendo empatado o primeiro jogo, fora, o Super-Homem precisava de um triunfo simples.

Em um lance de perigo, Élton chutou sem marcação. A bola, porém, acabou saindo. A resposta do Cangaceiro veio com Jarbas. De longe, ele obrigou Anderson a fazer boa defesa. Porém, mesmo com o teor agressivo, o primeiro tempo acabou zerado.

Bahia vence o Bahia de Feira e é campeão Baiano (Foto: Divulgação/EC Bahia) - Divulgação/EC Bahia
Bahia vence o Bahia de Feira e é campeão Baiano (Foto: Divulgação/EC Bahia)

HORA DO VAR

Na volta do intervalo, o árbitro de vídeo roubou a cena e foi destaque do duelo. Após um lance onde Arthur Caíke perdeu um gol inacreditável, veio a primeira intervenção. Aos três, Éric foi derrubado na grande área.

Luiz Flávio de Oliveira, árbitro, não viu e mandou seguir. Após o lance, ele foi chamado para consulta pela comissão do VAR. Quatro minutos depois, o pênalti foi marcado.

Na cobrança, aos 8, Gilberto deslocou Jair e abriu o placar. O resultado garantia o título aos soteropolitanos, mas o Tremendão não se entregou. Aos 20 minutos, veio a segunda chamada em lance de pênalti.

Gilberto comemora gol marcado sobre o Bahia de Feira (Foto: Divulgação/EC Bahia) - Divulgação/EC Bahia
Gilberto comemora gol marcado sobre o Bahia de Feira (Foto: Divulgação/EC Bahia)

PAREDÕES!

Após falta cobrada por Vitinho, a bola tocou na mão de Gilberto, dentro da área. Na análise das imagens, novo pênalti marcado. Na cobrança, Vitinho mandou bem, no canto direito, mas Anderson cresceu e fez linda defesa. No rebote, Victor Hugo chutou e o guarda-redes fez outro milagre.

A penalidade perdida inverteu a situação do jogo. Enquanto o Bahia cresceu e ganhou confiança, o Bahia de Feira acabou diminuíndo o ritmo. Dos 24 aos 29, Jair fez boas intervenções e salvou o segundo tento mandante por quatro vezes. Aos 44, o empate poderia ter vindo, mas Bruninho perdeu lance inacreditável.

Ao fim dos acréscimos, bastou o Bahia correr para o abraço e comemorar mais uma taça local. Dessa vez, sobre um rival o qual vem crescendo e dando trabalho nos últimos anos.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
21/04/2019
Horário
16h00
Local
Arena Fonte Nova - Salvador (BA)
Árbitro
Luiz Flávio de Oliveira

Renda
R$ 1.052.633,00
Assistentes
Paulo de Tarso Bregalda Gussen e José Carlos Oliveira dos Santos

Público
41.413 torcedores
Cartões Amarelos
Bahia: Xandão, Douglas, Gregore, Artur
Bahia de Feira: Edimar, Bruninho

Gols
Bahia: Gilberto 8' 2T
Bahia
Anderson;
Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca (Xandão) e Moisés;
Élton, Douglas Augusto e Ramires (Gregore);
Artur, Arthur Caíke (Rogério) e Gilberto.
Técnico: Roger Machado
Bahia de Feira
Jair;
Edvan, Paulo Paraíba, Vitor e Alex Cazumba;
Edmar (Ebinho), Capone, Bruninho, Jarbas e Vitinho (Dionísio);
Deon.
Técnico: Barbosinha