'Preocupação do COB é com a saúde dos atletas', diz Rogério Sampaio

Por pandemia do coronavírus, Jogos Olímpicos de Tóquio podem ser adiados para 2021

por Agência Estado

Campinas, SP, 23 - A presença de atletas brasileiros em países fortemente afetados pelo novo coronavírus preocupa o Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Ao Estado, o diretor-geral da entidade, o ex-judoca Rogério Sampaio, disse que o comitê acompanha a situação deles longe do País e oferece apoio e instruções diante da pandemia do covid-19.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista:

Rogério Sampaio é diretor-geral do Comitê Brasileiro
Rogério Sampaio é diretor-geral do Comitê Brasileiro
Como o COB está lidando com o retorno de atletas de fora do País?

A preocupação do COB, em primeiro lugar, é com a saúde e integridade física dos atletas e suas comissões técnicas. Foi feito um levantamento dos atletas brasileiros que estão fora do país, seja em treinamentos ou que foram para competições. Vários são residentes no exterior e optaram por permanecer lá. Estamos monitorando os que retornam ao Brasil quanto aos possíveis sintomas e reforçando para que sigam as recomendações e as precauções indicadas pelos órgãos de saúde.

Quantos atletas estão fora do Brasil neste momento?

Atletas de 32 esportes olímpicos (incluindo verão e inverno) residem ou estão em treinamentos no exterior, segundo o que foi apurado junto às confederações brasileiras na última semana.

Como é essa quarentena de quem retorna do exterior para o Brasil?

O termo correto é monitoramento. Orientamos que os atletas se mantenham isolados e, se demonstrarem os sintomas, reforçamos que sigam todas as orientações repassadas pelos órgãos de saúde.

O quanto essa pandemia pode atrapalhar a campanha na Olimpíada?

É prematuro falar da campanha em Tóquio. Neste momento, estamos falando da preparação dos atletas já classificados ou buscando qualificação, que certamente foi afetada. Seja no aspecto físico, técnico, mas principalmente emocional. É um momento de muitas incertezas e informações, que temos de manter a calma.