Parceira da FPF, LaLiga comemora equilíbio na disputa pelo título espanhol

Na manhã desta terça-feira, o delegado da entidade no Brasil, Albert Castelló, se reuniu com jornalistas, em São Paulo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) - Equilíbrio. Essa é a palavra que define a luta pelo título da atual edição do Campeonato Espanhol, competição organizada por LaLiga, entidade parceira da Federação Paulista de Futebol (FPF) e que também é responsável pela Segunda Divisão local.

Na manhã desta terça-feira, o delegado de LaLiga no Brasil, Albert Castelló, se reuniu com jornalistas, em São Paulo, para trazer números que comprovem como o Espanhol está na sua melhor temporada em 25 anos em termos de competitividade.

Após treze partidas, Barcelona, Real Madrid, Atlético de Madrid, Sevilla e Real Sociedad estão distantes somente dois pontos. Além disso, o oitavo colocado, primeiro fora da zona de classificação para competições europeias, está a apenas cinco pontos da liderança.

Foto: Divulgação / LaLiga
Foto: Divulgação / LaLiga
Dessa forma, a atual competição quebrou o recorde de 1998/99, quando, neste mesmo momento, a diferença era de seis pontos entre os oito melhores.

Tendo obtido 66% dos pontos disputados, o Barcelona aparece bem atrás em termos de aproveitamento em comparação aos demais líderes das grandes ligas europeias. Afinal, Liverpool (94%), Juventus (88%), PSG (77%) e Borussia Monchengladbach (75%) largaram bem à frente dos demais oponentes na Inglaterra, Itália, França e Alemanha.

Dois fatores ajudam a explicar esse equilíbrio no Espanhol. Em 2013, LaLiga estabeleceu um regulamento de controle financeiro que faz com que os clubes possam ter um crescimento sólido e sustentável.

Além disso, a venda de direitos de transmissão de televisão passou a ser centralizada em 2015. Assim, naquele ano, os clubes conseguiram 600 milhões de euros, enquanto, agora, esse número chegou em 1,865 bilhão.