ESPANHOL: Valencia perde pênalti, sofre empate nos acréscimos e segue ameaçado

Na luta contra o rebaixamento, Los Che perdeu grande chance para respirar nesta segunda-feira, no fechamento da 17.ª rodada

por Agência Estado

Campinas, SP, 09 - A fase do Valencia definitivamente é desesperadora. Na luta contra o rebaixamento no Campeonato Espanhol, o time perdeu grande chance para respirar nesta segunda-feira, no fechamento da 17.ª rodada. Contra o lanterna Osasuna, esteve três vezes à frente no placar, perdeu pênalti aos 41 minutos do segundo tempo e sofreu o gol que selou o empate por 3 a 3 já aos 47, para desespero de sua torcida que viajou até Pamplona.

O resultado mantém o Valencia muito próximo da degola, em 17.º, com 13 pontos, somente um a mais que o Sporting Gijón, que abre a zona de rebaixamento. A intensa crise vivida pelo time já gerou protestos da torcida, que pede a saída do dono do clube, Peter Lim.

O Valencia ainda tem um jogo a menos que os adversários, mas esta partida é justamente contra o líder da competição, o Real Madrid. Na quinta-feira, a equipe decide uma vaga na próxima fase da Copa do Rei contra o Celta de Vigo, mas foi goleada na ida por 4 a 1, em casa. Já o Osasuna continua na lanterna do Espanhol, com oito pontos, e duela com o Eibar na quinta pela Copa do Rei, após cair por 3 a 0 na ida.

ESPANHOL: Valencia perde pênalti, empata com Osasuna e segue ameaçado (Foto: Divulgação)
ESPANHOL: Valencia perde pênalti, empata com Osasuna e segue ameaçado (Foto: Divulgação)
Diante do último colocado, o Valencia se animou, tomou a iniciativa nesta segunda-feira e chegou ao primeiro gol aos dois minutos, quando Munir aproveitou cruzamento do brasileiro Guilherme Siqueira para bater com estilo. Só que apenas cinco minutos depois, Mário Suárez errou ao tentar dominar a bola na área e deixou de presente para Oriol Riera, que empatou.

Se o Valencia entregou um gol para o adversário, o Osasuna não ficaria atrás. Aos 40 minutos, mostrou porque é o lanterna da tabela em outro lance de infelicidade: após cobrança de falta da esquerda, o mesmo Riera subiu e desviou contra o próprio gol.

Sem estabilidade, o Valencia fraquejou no segundo tempo e viu o Osasuna chegar novamente ao empate. Aos 16 minutos, Roberto Torres aproveitou sobra na meia-lua e acertou lindo chute, no ângulo de Diego Alves. Mas aos 27, após bela troca de passes pela esquerda, Montoya recebeu de Munir e recolocou os visitantes em vantagem.

O gol deu moral ao Valencia, que se estabeleceu na partida e aproveitou a fragilidade do Osasuna para pressionar, em busca do quarto gol. A chance veio aos 41 minutos, quando Daniel Parejo teve pênalti para bater, mas chutou fraco, facilitando a tarefa de Cuesta, que agarrou.

Foi o suficiente para o Osasuna crescer, ir para cima e chegar ao novo empate, desta vez para selar o placar. Carlos Clerc fez linda jogada pela esquerda e tocou para Jaime, que devolveu de letra. O lateral, então, teve calma para tirar o marcador e bater colocado, marcando belo gol e definindo a partida aos 47 minutos.

Confira os resultados da 17ª rodada
Espanyol
1
x
1
La Coruña
Real Madrid
5
x
0
Granada
Eibar
0
x
2
Atlético de Madrid
Las Palmas
1
x
0
Sporting Gijón
Real Sociedad
0
x
4
Sevilla-ESP
Athletic Bilbao
0
x
0
Alavés
Bétis
2
x
0
Leganés
Celta
3
x
1
Malaga
Villarreal
1
x
1
Barcelona
Osasuna
3
x
3
Valencia-ESP
Próxima RodadaVeja a Classificação!
aaa