Goleiro da seleção paraguaia, Ortiz pode vir jogar no Brasil

De acordo com o empresário Miguel Gareppe, é o desejo do veterano goleiro de 32 anos

por Grande Área

Campinas, SP, 3 (AFI) - A Seleção Paraguaia desembarcou nesta quarta-feira, em Montevidéu, no Uruguai, para enfrentar a Seleção local em jogo válido pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo no Qatar 2022, a partida será realizada na noite desta quinta-feira, no Estádio Centenário.

Na convocação do técnico Eduardo Berizzo, um dos destaques é o goleiro Gerardo Ortiz, que atua no Once Caldas, da Colômbia, e recebeu sua terceira convocação para defender a Seleção Paraguaia. O arqueiro que também já defendeu a Seleção Sub-17 e Sub-20.

"Uma nova convocação para a seleção me deixa muito feliz de poder fazer parte desse grupo maravilhoso na disputa de Eliminatórias e da Copa América no Brasil, espero poder contribuir o máximo possível com muito trabalho e dedicação em busca de grandes resultados", disse goleiro Ortiz.

_____________________________________________________________________________________________________

FLUMINENSE: Roger não fala sobre poupar jogadores

______________________________________________________________________________________________________

Ortiz, no Once Caldas - Fotos: Reprodução
Ortiz, no Once Caldas - Fotos: Reprodução

VEM PARA O BRASIL?

A participação do Paraguai na Copa América no Brasil, pode abrir uma porta no futebol brasileiro para o goleiro que já esteve muito próximo de jogar no país.

Em 2019, teve seu nome cotado no Vasco da Gama, mas as negociações não avançaram.

Com contrato com o Once Caldas o nome do atleta também está sendo cotado no Cerro Porteno, do Paraguai, mas o empresário brasileiro Miguel Gareppe tem recebido sondagens de clubes no Brasileirão.

"O Ortiz vem vivendo um grande momento e suas ótimas atuações tem feito com que seja convocado constantemente para sua seleção.

Estamos analisando algumas proposta para que possa jogar no Brasil, até porque é um desejo do atleta que tem muitos companheiros na seleção que jogam aqui e tem passado boas informações sobre futebol brasileiro", disse empresário Miguel Gareppe.

TRAJETÓRIA

Aos 32 anos o goleiro Ortiz despontou para futebol em 2008 no Quilmes, da Argentina, mas dois anos depois foi para o futebol Paraguaio onde jogou pelo Rubio Ñu, em seguida defendeu o Olimpia, do Paraguai, em duas temporadas e logo se transferiu para o Sol de América, clube também do Paraguai onde jogou por cinco temporadas e ganhou muita visibilidade.

Foram 116 partidas, o que chamou atenção do Once Caldas, da Colômbia, que contratou o arqueiro e está em sua segunda temporada no clube.