Um ano depois, Marcelo Moreno retorna em alta para a Seleção Boliviana

"Estou feliz por voltar a defender meu país. Quando decidi me afastar, deixei claro que não era uma renúncia à Seleção", disse ele

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 31 - Um dos jogadores bolivianos mais vitoriosos da história, Marcelo Moreno está de volta a sua Seleção. Após retirar-se por conta do mau tratamento do então treinador Julio César Baldivieso para com o grupo, o centroavante seguiu trabalhando firme em seu clube na China e retorna em alta ao selecionado após a demissão de Baldivieso.

Com a camisa 10 e dono da faixa de capitão do Changchun Yatai, Moreno não só vem exercendo o papel de homem-gol como também o de líder de sua equipe. Preparado para ajudar a La Verde nas Eliminatórias com as mesmas funções, o atacante conversou com o novo técnico, Angel Guilermo Hoyos, e decidiu voltar a defender a camisa de seu país natal.

Otimista com uma recuperação do futebol da Seleção Boliviana depois da troca no comando técnico, Moreno recorda bons momentos recentes da La Verde e comenta a importância do próximo compromisso, contra o Peru.

Marcelo Moreno é o principal nome do futebol boliviano
Marcelo Moreno é o principal nome do futebol boliviano
CONFIANTE
"Estou feliz por voltar a defender meu país. Quando decidi me afastar, deixei claro que não era uma renúncia à Seleção, mas sim à postura de um treinador que não valorizou a trajetória de vários jogadores que se dedicavam à La Verde ao longo de muitos anos. Naquele momento, tomamos a decisão certa, pois deixamos claro nosso posicionamento e sair seria muito melhor do que permanecer com uma filosofia com a qual não compactuávamos. Agora é um novo momento".

"Retorno com a certeza do meu empenho e sentimento pela Seleção. Tive uma conversa muito sadia com o novo treinador, e estamos otimistas. A nova comissão sabe do que posso oferecer para o time, e confiam na minha capacidade de ajudar a Bolívia. Fizemos uma boa Copa América lá no Chile recentemente, alcançando uma colocação que não acontecia há muito tempo. Precisamos retomar daquele ponto e voltar a crescer".

"Nosso próximo jogo, contra o Peru, certamente será difícil, até porque a geração peruana tem jogadores de muita qualidade. Contudo, será uma partida fundamental para nós. Jogaremos com a nossa torcida e, se vencermos, com certeza teremos um fôlego muito grande para buscar a reação que a gente necessita dentro das Eliminatórias".

SAIU PELA PORTA DA FRENTE
Em sua última competição com a camisa da Bolívia, antes da chegada de Baldivieso, Marcelo Moreno ajudou a La Verde a fazer uma boa Copa América no ano passado. O centroavante marcou dois gols em quatro atuações, ajudou a quebrar um jejum de 18 anos sem vitória da Seleção Boliviana na competição, além da classificação para as quartas de final - o que não acontecia também desde 1997. De volta, dessa vez para a continuidade das Eliminatórias para a Copa de 2018, Moreno pode também se inspirar em seu próprio momento pessoal no futebol chinês. O camisa 10 do Changchun Yatai é o responsável por 55% dos gols de sua equipe na Super Liga Chinesa da atual temporada. Com dez tentos anotados em 22 atuações, o boliviano briga pela artilharia da principal competição do país oriental.

Atacante ficou um ano longe da seleção boliviana
Atacante ficou um ano longe da seleção boliviana
Na reta final do contrato com o Changchun Yatai, Moreno comenta seu trabalho no clube chinês e acredita que tem cumprido bem o seu papel, o que ratificou novamente sua importância para o selecionado boliviano.

FUTEBOL CHINÊS
"Acredito que tenho cumprido a expectativa do Changchun Yatai porque venho buscando ajudar a equipe da melhor maneira possível. A Liga está bastante competitiva, pois vários clubes investiram pesado e estão com muitos jogadores renomados e vencedores. Por isso, fico feliz por estar na briga pela artilharia do campeonato nacional, disputando o posto de goleador com vários jogadores incríveis".

"O calendário do futebol chinês é mais tranquilo em relação ao brasileiro e, assim, temos mais tempo para treinar e se preparar. Tenho procurado aproveitar muito esse fator e, graças a Deus, isso tem refletido em campo com uma boa quantidade e repertório de gols. Me sinto pronto para ajudar a Bolívia assim como tenho feito no Changchun. Espero que dê tudo certo nesse retorno e que possamos voltar a vencer o mais rapidamente possível".

JOGOU TODOS AS PARTIDAS
Presente em todas as rodadas da Super Liga Chinesa desta temporada, Marcelo Moreno, além da boa forma física, mostra que está completamente adaptado ao futebol do país oriental. O centroavante, com dez gols marcados no campeonato ainda em andamento, já superou seus próprios números no Changchun Yatai em 2015, quando marcou nove gols. O boliviano se apresentou à Seleção no último sábado e vem se preparando para os compromissos contra Peru e Chile pelas Eliminatórias. O primeiro duelo, diante dos peruanos, está marcado para esta quinta-feira (01/09), em La Paz, às 17h - horário de Brasília.