Após vice do Paulista A3, goleiro do EC São Bernardo decide 'pendurar as luvas'

Contente pela carreira, o arqueiro Maurício explicou que a decisão já estava tomada antes da final

por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 18 (AFI) - Aos 43 anos, o goleiro Maurício decidiu se despedir dos gramados na última segunda-feira (16). Foram 18 partidas pelo EC São Bernardo, três pênaltis defendidos durante o torneio e o acesso conquistado para a Série A2 de 2021 (foi o terceiro dele na Divisão, já que tinha realizado o feito por Capivariano e Água Santa). Contente pela carreira, o arqueiro explicou que a decisão já estava tomada antes da final de Paulista A3.

“Eu já estava amadurecendo esse pensamento de parar desde 2019. Mas esse ano me preparei para isso. Temos que ter clareza de quando um ciclo se encerra e outro começa. Faço um balanço positivo da minha carreira, já que pude ter diversos acessos e conquistas, além das coisas adversas também que me fizeram crescer durante essas temporadas. Creio que consegui deixar um legado para essa nova geração e isso me deixa muito satisfeito”, disse.

Maurício explica decisão e agradece EC São Bernardo pela oportunidade
Maurício explica decisão e agradece EC São Bernardo pela oportunidade
AGRADECIMENTO AO CACHORRÃO
Além do EC São Bernardo, Maurício marcou seu nome no Nacional, Água Santa, Capivariano, Juventus, Taubaté, entre outros. Em relação ao Cachorrão, Maurício fez questão de agradecer pela oportunidade.

“O EC São Bernardo foi primordial. Quando recebi o convite não pensei duas vezes. Vi o projeto e aceitei também, principalmente, pelas pessoas que estavam por trás. Abracei tudo isso e conseguimos o acesso. Por isso, faço questão de agradecer o clube pela oportunidade de me deixar encerrar a carreira conquistando. Eu comecei na cidade (pelo Palestra) e termino aqui no EC São Bernardo”, completou.