Copa Paulista: EC São Bernardo confirma permanência de atacante do São Caetano

"Será a primeira vez do Bernô nessa competição, espero dar o meu melhor e tentar ajudar da melhor forma esse clube", disse Felipinho

por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 13 (AFI) - Após anunciar as permanências dos volantes Bruno Cruz e Vinícius Barba e do zagueiro Marcelo, o EC São Bernardo acertou, nesta segunda-feira, a manutenção do atacante Felipinho para a disputa da Copa Paulista.

O jogador, que ficará emprestado mais uma vez pelo São Caetano, foi o artilheiro do Cachorrão do ABC no Paulista A3 deste ano, ao lado de Vinicius Machado, com quatro gols. Ele também foi o artilheiro da Segundona Paulista de 2017, com 14 tentos, quando o clube alvinegro foi vice-campeão, conquistando o acesso.

"Minha permanência foi algo sempre tentado pelo clube e, claro, fiquei muito feliz pelo interesse. É um time que tenho um carinho muito grande e só me deixa mais motivado. Agradeço muito ao Gigio (Sareto, vice-presidente) e ao Fabiano (Fernandes, executivo de futebol) por me darem novamente essa oportunidade. Acredito que a Copa Paulista é um torneio com muita visibilidade e valorizado. Será a primeira vez do Bernô nessa competição, espero dar o meu melhor e tentar ajudar da melhor forma esse clube", disse o atleta de 22 anos.

VOLTA AOS TRABALHOS
O atacante ainda aproveitou para destacar que o time precisa ter consistência diferente do Paulista A3. O time profissional do Cachorrão se reapresenta, nesta terça-feira, no Estádio Primeiro de Maio, para começar os treinamentos visando a estreia na Copa Paulista.

Felipinho - Foto: Brendow Felipe/EC São Bernardo
Felipinho - Foto: Brendow Felipe/EC São Bernardo
A CHAVE
A equipe alvinegra enfrenta o Água Santa, no dia 23 de junho, às 10h, no Estádio do Inamar. A dupla está no Grupo 4, ao lado de Ponte Preta, São Caetano, Santo André e Grêmio Osasco. Os quatro melhores avançam à segunda fase.

CONTA MAIS
"A Copa Paulista muda a intensidade. Acredito que na A3 são jogos de muito contato, muita força física. Acho que na Copa Paulista o toque de bola, a habilidade e os dribles devem aparecer mais. Mas, claro, as nossas atuações têm que mudar. Na A3, oscilamos demais, muitos altos e baixos. Espero que, agora na Copa Paulista, a gente possa manter um nível bom, oscilando menos", completou.