Aleluia! Enfim, time da Série B manda embora "menino prodígio"

por Agência Futebol Interior

Duque de Caxias, RJ, 27 (AFI) - A diretoria do Duque de Caxias acordou a tempo e antes que a "vaca fosse para o brejo" mandou embora o técnico Rodney Gonçalves, o "menino prodígio", nesta quinta-feira pela manhã. E sem perder tempo, os dirigentes confirmaram a contratação de Gilson Kleina (foto).


Confira também:
Onde Anda: Gilmar Fubá, volante revelado no terrão do Corinthians

Rodney Gonçalves assumiu o time fluminense após o Campeonato Carioca. Ele era auxiliar de Carlos César, que saiu após o Estadual. Mas na Série B, o treinador foi uma decepção. Em 20 jogos, o Duque só conquistou 23 pontos, com seis vitórias, cinco empates e nove derrotas. Atualmente o clube está na zona de rebaixamento, na 17ª colocação.

Na reunião realizada na noite de quarta-feira, cinco pessoas votaram no assunto: Rodney Gonçalves. Três dirigentes votaram pela permanência dele - Eurico Miranda, colaborador do clube, José Luca, ligado ao Boavista e parceiro do Duque, e Nilson Gonçalves, gerente de futebol do Duque e tio de Rodney Gonçalves.

Por outro lado, dois votaram pela demissão do treinador: Luis Carlos Martins Areas, o Pinga, presidente do clube fluminense, e Washington Reis, patrono do clube. E a opinião deles, aliada ao pedido da torcida, falou mais alto.

Com a saída do "menino prodígio", o Duque fechou com Gilson Kleina que estava sem clube desde a saída do Vila Nova. Aos 41 anos, Gilson não deve comandar o clube contra o Juventude neste sábado, às 16h10, em Caxias do Sul.

O responsável por ficar no banco deve ser Álvaro Miranda, filho de Eurico, e que era auxiliar de Rodney Gonçalves. O ex-treinador, aliás, mesmo demitido, ficará na comissão técnica do clube.

Em 2010...
Mas a chegada de Gilson Kleina pode ganhar um novo capítulo no final da temporada. O treinador teria sido contratado pelo Duque de Caxias apenas para a Série B. Após a competição, ele iria defender o Boavista, parceiro do Duque, no Campeonato Carioca 2010.

Mais de Gilson Kleina!
Apesar de sua passagem pelo Vila Nova, Gilson Kleina é bastante conhecido no sul, onde dirigiu Coritiba, Paraná, Criciúma, Cianorte e Caxias. Mas seu grande feito foi eliminar o Vasco da Gama na Copa do Brasil em 2007, em pleno Maracanã, quando era treinador do Gama.

 
 
" />