Série B: Cuiabá mira acerto com Gilson Kleina, atualmente no Náutico

Gilson Kleina é experiente e vive momento conturbado no comando do Náutico

por Agência Futebol Interior

Cuiabá, MT, 13 (AFI) – Após receber “não” de Felipe Conceição, Thiago Larghi e Ney Franco, o Cuiabá tem um novo “alvo” para ser seu treinador na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. O nome da vez é o de Gilson Kleina (foto abaixo), atualmente no Náutico.

Kleina nunca foi a primeira opção da diretoria do Cuiabá, que durante toda a semana investiu todas as suas fichas na chegada de Felipe Conceição do Guarani. Outro nome da “nova geração” que não aceitou o convite foi Thiago Larghi, ex-Atlético-MG e que neste ano foi muito mal no Goiás.

As recusas dos “novatos”, além da pressa em encontrar um substituto de Marcelo Chamusca forçaram os dirigentes a mudarem o foco por profissionais mais experientes, como Ney Franco e Gilson Kleina. Ney recusou, já Kleina tem negociações e pode aceitar a proposta e consequentemente deixar o Timbu para assumir o Dourado.

Kleina está pressionado no Náutico e interessa ao Cuiabá
Kleina está pressionado no Náutico e interessa ao Cuiabá
Aliado ao projeto e a chance de conquistar o acesso na Série B, o momento turbulento e as diversas críticas no Náutico pesam pelo “aceite” de Kleina em mudar de clube na competição.

Nesta sexta-feira, por exemplo, o time pernambucano voltou a perder, desta vez para o Operário, por 3 a 1, no Paraná. O resultado deixou o time ainda mais próximo da zona de rebaixamento do campeonato.

Gilson Kleina está na “corda bamba” no comando do Náutico e, em caso de demissão, facilitaria ainda mais o acerto com o Cuiabá. As conversas devem ter um desfecho no final de semana.

Em meio a esta incerteza, o Cuiabá voltará a campo neste sábado para enfrentar o América-MG, às 21h30, na Arena Pantanal, em Cuiabá. O time será dirigido pelo auxiliar Franco Muller.