Copa FMF: TJD mantém punição ao Cuiabá, mas defesa vai recorrer

Dourado teve a reivindicação negada por quatro dos sete procuradores do tribunal que participaram da sessão

por Oscar Silva

Cuiabá, MT, 28 (AFI) - Continua o imbróglio na seletiva da Copa Federação Mato-grossense, que vai apontar mais um clube para a disputa da Copa do Brasil na próxima temporada. Depois do Cuiabá escalar irregularmente o atleta Sávio em seis jogos, perdendo assim 18 pontos, o Mixto entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça Desportiva(TJD), pedindo a punição ao clube infrator.

O pedido foi aceito, e em julgamento na última segunda-feira, na revisão de pena, o Dourado teve a reivindicação negada por quatro dos sete procuradores do tribunal que participaram da sessão.

Foto: A Gazeta\Assessoria\Arquivo
Foto: A Gazeta\Assessoria\Arquivo
ENTENDA O CASO
O atleta teria que ter cumprido dois jogos de suspensões dadas pelo próprio TJD, que o havia julgado por uma expulsão no Campeonato Estadual Sub-19. Sem cumprir, Sávio não poderia ter sido escalado.

Além de entrar em campo duas vezes, ele foi relacionado para outros compromissos sem entrar em campo, o que é vetado pela legislação desportiva. Com a rejeição, a defesa do Cuiabá, liderada pelo advogado Leonardo Fauser, recorrerá junto ao STJD, no Rio de Janeiro.

Na próxima sexta-feira, no entanto, o TJD voltará a se reunir para julgar agora o pedido de retirada de pontos do Cuiabá. Já estão classificadas as equipes do Operário Varzea-grandense, o Poconé e o Dom Bosco.

 
 
" />