Boneco de presidente do Cruzeiro é queimado por torcedores do clube

Sérgio Santos Rodrigues vêm causando polêmicas em suas redes sociais nos últimos dias

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 03 (AFI) - Após mais uma derrota, um grupo de torcedores do Cruzeiro que se denomina "Movimento Pró-Cruzeiro" colocou fogo em um boneco com a face do presidente Sérgio Santos Rodrigues em frente ao prédio da sede administrativa do clube.

PROTESTO

Perguntado sobre o motivo do protesto, um dos organizadores da torcida, que pediu anonimato, disse que se deve à má fase do clube e as últimas escolhas do presidente.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
"Pelas mentiras que ele [presidente do Cruzeiro] conta, o desrespeito com a torcida, já que os salários no clube estão atrasados e ele vive na farra, jogando pelada e viajando para Escarpas do Lago. E ainda as promessas que ele fez na campanha presidencial e não cumpriu", afirmou.

POLÊMICAS

Sérgio Santos Rodrigues vêm causando polêmicas em suas redes sociais nos últimos dias. Recentemente o mandatário promoveu uma partida na Toca da Rapossa II com funcionários do clube, em meio à pandemia da Covid-19. Criticado pela torcida, publicou em suas redes sociais o significado da palavra "inveja", dando a entender por parte da torcida uma resposta às críticas.

Além disso, o presidente ainda foi fotografado em Capitólio, cidade turística de Minas Gerais, recebendo muitas críticas por não estar respeitando o lockdown e o momento que o estado vive em relação à pandemia do coronavírus. Outra situação foi a polêmica com o zagueiro Cacá, vendido ao futebol japonês, que revelou não ter recebido pagamentos como acordado com a diretoria.