Presidente detona a estrutura da base do Cruzeiro: "Um lixo"

Presidente corre contra o tempo para reformular toda a categoria de base da Raposa

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 07 (AFI) - O presidente Sérgio Santos Rodrigues ainda tem uma surpresa por dia no bagunçado Cruzeiro. Atolado em dívidas e perto de seguir na Série B do Campeonato Brasileiro, o clube mineiro também deixou de lado a estrutura das categorias de base.

"Realmente, desculpe a expressão, estava um lixo a base do Cruzeiro", disse o mandatário ao Podcast Ge Cruzeiro.

Sérgio Santos Rodrigues assustado com a base do Cruzeiro. (Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro)
Sérgio Santos Rodrigues assustado com a base do Cruzeiro. (Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro)
"A gente até convidou jornalista para o Gustavo mostrar o que pretende. A Toca I estava horrível, não tinha faxineira. O estado, de forma geral (era ruim). Os meninos muito complicados, porque não tinha assistência social", seguiu Rodrigues.

CONTRA O TEMPO!
Agora, o presidente celeste tenta colocar tudo no lugar. Primeiro, o clube analisou contratos e os próprios jogadores para saber quem ficaria e quem poderia deixar o Cruzeiro. As contratações de garotos, agora, passarão por uma comissão.

Há ainda uma política de comissionamento de empresários e clubes parceiros. A base também terá teto salarial e os aumentos serão baseados em produtividade. Os garotos receberão o auxílio de pedagogas e psicólogas.