Cruzeiro dispensa "atacante que não faz gol" e meia que não entrou em campo

Dois não vinham sendo utilizados pelo técnico Luiz Felipe Scolari e são casos que chamam a atenção

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 13 (AFI) - O Cruzeiro anunciou, nesta sexta-feira, as dispensas do meia Matheus Índio e do atacante Roberson. Os dois não vinham sendo utilizados pelo técnico Luiz Felipe Scolari e são casos que chamam a atenção.

Contratado por indicação de Deivid, ex-jogador e, hoje, diretor técnico da Raposa, Matheus Índio sequer entrou em campo pelo time mineiro. Ele estava no Estoril, de Portugal.

Atacante de um gol marcador em 13 jogos. (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)
Atacante de um gol marcador em 13 jogos. (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)
Já Roberson, de 31 anos, até jogou, foram 13 partidas, mas apenas um gol. Não por acaso, ele foi apelidado pelos torcedores como "atacante que não faz gols". Na carreira, em 12 anos, Roberson tem míseros 31 gols marcados.

"O clube aproveita a oportunidade para agradecer ao comprometimento e profissionalismo de ambos e desejar sucesso na sequência de suas carreiras", escreveu o Cruzeiro em nota oficial.