Presidente do Cruzeiro defende jogadores rebaixados: "Tem qualidade, sim"

No elenco cruzeirense há ainda jogadores que voltaram de empréstimo como Marquinhos Gabriel, Manoel, Sassá e Jadson

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 13 (AFI) - Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, defendeu os jogadores rebaixados que seguem no elenco que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Para ele, esses jogadores têm qualidade, sim, para vestir a camisa celeste.

"São jogadores que têm qualidade técnica, sim, tanto que foram pedidos por outros clubes. Tem técnico que a torcida gosta e liga para cá para pedir atleta nosso, mas não vou ficar divulgando essas coisas internas. São jogadores que agregam, sim", disse o mandatário.

No elenco cruzeirense há ainda jogadores que voltaram de empréstimo como Marquinhos Gabriel, Manoel, Sassá e Jadson. O Cruzeiro precisou aceitar esses atletas por causa da punição imposta pela Fifa para que o clube não registre novos jogadores.

Presidente defende as próprias ações. (Foto: Igor Sales / Cruzeiro)
Presidente defende as próprias ações. (Foto: Igor Sales / Cruzeiro)
DE VOLTA!

"Tem a realidade que hoje a gente não pode registrar jogador. A volta desses últimos jogadores foi importante por isso. Por terem vínculo com o Cruzeiro, eles retornam com condição de jogo imediata", explicou Sérgio Rodrigues.

"A gente acredita, sim, que eles têm qualidade técnica, que podem e vão ajudar e óbvio que a gente faz tudo ouvindo o técnico, que vai escalar ou não e que vai querer ter esses jogadores à disposição ou não", completou.

E O TÉCNICO?
Sérgio Santos Rodrigues não comentou sobre o novo técnico do Cruzeiro. Umberto Louzer, da Chapecoense, está perto de assinar contrato. Ele seria o quarto técnico no ano da Raposa e o terceiro só na Série B.

O Cruzeiro amarga a penúltima colocação com 12 pontos. O próximo desafio será na sexta-feira, às 21h30, contra o Juventude no Mineirão, pela 16ª rodada.